Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

11 DE SETEMBRO

Biden pede união, 'nossa maior força', em mensagem sobre o 11 de setembro

Por: AFP

Publicado em: 11/09/2021 09:02

 (Foto: AFP)
Foto: AFP
O presidente Joe Biden pediu nesta sexta-feira(10) a união dos americanos, "nossa maior força", em uma mensagem de vídeo divulgada na véspera do vigésimo aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001. 

“Para mim é a principal lição do 11 de setembro. No momento de maior vulnerabilidade, (...) a união é nossa maior força”, declarou o presidente dos Estados Unidos em sua mensagem de 6 minutos gravada na Casa Branca. 

Joe Biden e sua esposa, Jill, visitarão os três marcos dos ataques de 11 de setembro no sábado: Nova York, o Pentágono, nos arredores de Washington, e o local na Pensilvânia onde um avião sequestrado por jihadistas caiu 20 anos atrás.

No entanto, o presidente, amplamente criticado por sua forma de lidar com a crise afegã e a covid-19, não deve falar em público durante as cerimônias. 

"União não significa que todos devemos acreditar na mesma coisa, mas é essencial que respeitemos uns aos outros e tenhamos fé uns nos outros", disse Biden em sua mensagem a um país profundamente dividido.

"Testemunhamos as forças mais sombrias da natureza humana. Medo e raiva, ressentimento e violência. Vimos a  unidade nacional. 
Aprendemos que a unidade é a única coisa que nunca deve ser quebrada. Unidade é o que nos torna quem somos - a América no seu melhor. Para mim, essa é a lição central do 11 de setembro."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Estudante abre fogo e mata pelo menos seis pessoas em universidade russa
Manhã na Clube: entrevista com Anderson Ferreira, prefeito de Jaboatão dos Guararapes
Grupo Diario de Pernambuco