Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PALESTINA

Presidente palestino se reúne com ministro israelense da Defesa

Por: AFP

Publicado em: 30/08/2021 11:51

 (Foto: Menahem KAHANA, Thaer GHANAIM / AFP / PPO)
Foto: Menahem KAHANA, Thaer GHANAIM / AFP / PPO
O ministro israelense da Defesa, Benny Gantz, reuniu-se com o presidente palestino, Mahmud Abbas em Ramallah, um encontro excepcional que não significa que exista a intenção de promover o processo de paz, paralisado há mais de sete anos.

"Não há qualquer processo de paz em curso com os palestinos, e não haverá nenhum", disse uma fonte próxima ao primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, nesta segunda-feira (30), após a reunião entre as duas autoridades na noite de domingo (29).

Há anos, não acontecia uma reunião neste nível entre ambos os lados.

As conversas em Ramallah, sede do Executivo de Abbas na Cisjordânia ocupada, foram dedicadas a "questões rotineiras de segurança" e à economia, acrescentou a mesma fonte.

A reunião aconteceu horas depois de Bennett ter voltado de Washington, D.C., onde se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

Líder de um partido centrista que integra a coalizão no poder em seu país, Gantz disse a Abbas "que Israel busca tomar medidas para fortalecer a economia da Autoridade Palestina. Também discutiram sobre como moldar as situações econômicas e de segurança na Cisjordânia e na Faixa de Gaza", informou o Ministério israelense da Defesa, em um comunicado.

Também participaram da reunião o comandante militar israelense responsável por Assuntos Civis nos Territórios Palestinos, Ghasan Alyan; Hussein al-Sheikh, um funcionário de alto escalão da Autoridade Palestina; e o chefe da Inteligência palestina, Majid Faraj.

O gabinete de Gantz disse que ele e Abbas tiveram "uma reunião cara a cara", após as conversas mais amplas, e "concordaram em manter a comunicação".

Al-Sheikh confirmou esta reunião em um tuíte, mas a Autoridade Palestina se recusou a comentar sobre seu conteúdo por enquanto.

Nos últimos anos, as relações entre Israel e a Autoridade Palestina se deterioraram. As negociações de paz para solucionar um conflito de mais de sete décadas estão em ponto morto desde 2014.

Fortalecer a Autoridade Palestina
Naftali Bennett, que assumiu o cargo em junho à frente de uma coalizão eclética, é um grande nacionalista e um opositor, de longa data, da criação de um Estado palestino. Também foi chefe de um conselho que faz "lobby" a favor das colônias judaicas na Cisjordânia, um território ocupado por Israel desde 1967.

Bennett e seu governo têm, no entanto, buscado restabelecer os laços com a Autoridade Palestina, rompidos durante o longo mandato do então premiê Benjamin Netanyahu (2009-2021), também de direita e pró-colônias. Contando com o apoio incondicional do então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Netanyahu não fez qualquer esforço substancial para resolver o conflito.

O governo do democrata Joe Biden apoia, por sua vez, uma solução de dois Estados, israelense e palestino, e retomou a ajuda financeira à Autoridade Palestina.

O gabinete do atual primeiro-ministro deixou claro que a coalizão heterogênea de Israel, que vai da esquerda à extrema direita, não planeja iniciar conversas de paz com os palestinos.

Funcionários de alto escalão do governo israelense sinalizaram, porém, seu interesse em fortalecer a Autoridade Palestina, em meio a temores de novos conflitos com o movimento islâmico Hamas, que governa a Faixa de Gaza.

Inimigos jurados, Israel e Hamas travaram uma guerra de 11 dias em maio deste ano. Após a trégua alcançada graças a várias mediações, as trocas de tiros e atos de violência esporádicos continuam.

No domingo (29), Israel executou ataques aéreos contra a Faixa de Gaza, depois que balões incendiários foram lançados sobre seu território a partir do enclave palestino.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Estudante abre fogo e mata pelo menos seis pessoas em universidade russa
Manhã na Clube: entrevista com Anderson Ferreira, prefeito de Jaboatão dos Guararapes
Grupo Diario de Pernambuco