Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

TERRORISMO

Biden alerta para um 'muito provável' novo ataque ao aeroporto de Cabul em 24 a 36 horas

Por: AFP

Publicado em: 28/08/2021 17:04 | Atualizado em: 28/08/2021 17:06

 (Foto: JOSHUA ROBERTS / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
Foto: JOSHUA ROBERTS / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
O presidente dos Estados Unidos Joe Biden alertou neste sábado (28) que um novo ataque ao aeroporto de Cabul é "muito provável" nas "próximas 24 a 36 horas" e que o bombardeio americano que matou dois membros do grupo Estado Islâmico não será "o último".

"A situação no local continua extremamente perigosa e a ameaça de um ataque terrorista no aeroporto continua alta", escreveu o presidente em um comunicado após se reunir com seus conselheiros militares e de segurança.

"Nossos comandantes me informaram que um ataque nas próximas 24 a 36 horas é muito provável."

Na quinta-feira, um ataque nos arredores do aeroporto de Cabul matou mais de 100 pessoas, incluindo 13 soldados americanos.

O atentado, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico em Khorasan (EI-K), motivou retaliações por parte dos militares dos EUA.

Dois "alvos importantes" do EI-K, "organizadores" e "operadores" do grupo, foram mortos e outro ficou ferido em um ataque com drones realizado pelos Estados Unidos no Afeganistão, anunciou o Pentágono neste sábado. Washington não revelou os nomes de seus alvos.

"Eu disse que iríamos atrás do grupo responsável pelo ataque a nossas tropas e civis inocentes em Cabul, e fomos", disse Biden em sua declaração.

"Este ataque não foi o último. Continuaremos a rastrear qualquer indivíduo envolvido neste atentado hediondo e faremos com pague por isso".

Na tarde deste sábado, o Pentágono divulgou a identidade dos 13 soldados mortos no ataque de quinta-feira. Cinco deles tinham 20 anos, a duração da guerra mais longa já travada pelos Estados Unidos, que começou em 2001 no Afeganistão.

"Sua coragem e altruísmo permitiram até agora que mais de 117.000 pessoas em perigo estivessem seguras", disse Biden.

Os restos mortais desses soldados foram enviados para os Estados Unidos neste sábado, segundo o Pentágono.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco