Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

REFUGIADOS

Afegão é condenado a 10 meses de prisão na França por violar medida de controle

Por: AFP

Publicado em: 26/08/2021 13:48

 (Foto: État-Major des armées/AFP)
Foto: État-Major des armées/AFP
Um afegão detido na França após ter sido evacuado de Cabul foi condenado na quarta-feira (25) a 10 meses de prisão, isento de cumprimento, por ter saído da área de vigilância imposta pelo ministério do Interior.

Quando pousou em Paris no sábado à noite, Ahmat M. recebeu, junto a outros quatro afegãos, uma medida de controle administrativo, prevista pela legislação antiterrorista.

Segundo o porta-voz do governo Gabriel Attal, o homem faz parte do círculo de um afegão que "teria vínculos com os talibãs". Este vínculo "ainda precisa ser definido", acrescentou o porta-voz.

Ahmat M., que se hospeda com sua esposa, filha de 3 meses e outros membros de sua família em um hotel nos arredores de Paris, estava proibido de sair de um perímetro definido pelas autoridades. Foi condenado por sair desta área.

Ele disse ao tribunal que queria comprar medicamentos porque sofria dores de cabeça e vômitos desde que chegou à França. Em declarações às vezes confusas, disse que seguiu um homem que vivia no mesmo hotel e que se ofereceu para comprar esses medicamentos para ele, sem perceber que estava indo para o centro de Paris.

O outro homem disse aos investigadores que Ahmat M. pediu que o acompanhasse a Paris para comprar cartões SIM. Ahmat M. também insistiu que desconhecia as restrições que deveria seguir, apesar de as autoridades terem fornecido um tradutor.

"Este não é o caso de um talibã na França, é o caso de um homem que fugiu de seu país com sua mulher e sua filha de três meses" e que foi detido por "ir ao supermercado", disse sua advogada Alice Ouaknine.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Grupo Diario de Pernambuco