Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

CHINA

PCC celebra cem anos e continua promovendo modernização

Publicado em: 02/07/2021 12:11

Mais de 70 mil pessoas aplaudindo com entusiasmo lotaram a praça pública, com bandeiras vermelhas e uma grande instalação de emblema do Partido ( Foto: Xinhua/ Divulgação)
Mais de 70 mil pessoas aplaudindo com entusiasmo lotaram a praça pública, com bandeiras vermelhas e uma grande instalação de emblema do Partido ( Foto: Xinhua/ Divulgação)
O Partido Comunista da China (PCC), o maior partido governante no mundo, celebrou seu centenário na quinta-feira com uma cerimônia solene e a grandiosa realização de “construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos”.

Aos 100 anos, o PCC está carregado de vigor e todo pronto para testes à frente, pois a China continua a jornada para “construir um grande país socialista moderno em todos os aspectos”.

Discursando na cerimônia na Praça Tian’anmen, no coração de Beijing, Xi Jinping, secretário-geral do Comitê Central do PCC, disse que, ao longo do último século, o PCC garantiu extraordinárias conquistas históricas em nome do povo.

“Hoje, ele está reunindo e liderando o povo chinês a uma nova jornada para realizar a segunda meta centenária”, proclamou Xi, também presidente chinês e presidente da Comissão Militar Central.

Mais de 70 mil pessoas aplaudindo com entusiasmo lotaram a praça pública, com bandeiras vermelhas e uma grande instalação de emblema do Partido. Era uma aura comemorativa – figuras douradas de “1921” e “2021” representavam a linha do tempo de 100 anos, aviões passavam por cima em escalões e uma saudação de 100 tiros foi disparada.

A civilização chinesa existe há cinco milênios, mas o país mergulhou em um século de humilhação devido ao regime feudal corrupto e à invasão das potências ocidentais. Muitas tentativas foram feitas para salvar a nação e todas terminaram em fracasso.

Em 1921, foi fundado o PCC, assumindo a missão de “buscar a felicidade para o povo chinês e revitalizar a nação chinesa”.

Através de um século de esforços, o PCC levou o povo a derrubar as “três grandes montanhas” do imperialismo, feudalismo e capitalismo burocrático, fundou uma nova China, foi pioneiro no caminho do socialismo com características chinesas, e transformou um Estado pobre na segunda maior economia do mundo.

Com pouco mais de 50 membros na época de sua fundação, o PCC é hoje o maior partido governante no mundo, com mais de 95 milhões de membros, liderando um país de mais de 1,4 bilhão de pessoas. Ele também desfruta de uma grande influência internacional.

A Tribuna de Tian’anmen, onde Xi fez seu discurso, é testemunha da história. Foi onde Mao Zedong proclamou a fundação da Nova China em 1949. Também testemunhou desfiles festivos homenageando Deng Xiaoping, o arquiteto da reforma e abertura em 1978 que levou a China a uma prosperidade moderada.

Martin Albrow, um renomado sociólogo britânico, disse que o PCC está promovendo a construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade e o desenvolvimento da Iniciativa de Cinturão e Rota através de esforços conjuntos estão beneficiando o mundo.

O centenário do Partido está sendo celebrado em toda a China e mensagens de congratulações também foram enviadas do módulo central da estação espacial Tianhe, a cerca de 400 km da Terra.

As profundas mudanças que o PCC trouxe à China e seu profundo impacto no mundo levaram muitos a decodificar a fórmula para o sucesso do Partido.

A firme liderança do Partido, sua filosofia de desenvolvimento centrada no povo e a manutenção do socialismo com características chinesas são consideradas entre os fatores e marcas mais importantes que o distinguem de outros partidos políticos.

Em uma mensagem conjunta de felicitações, os partidos políticos não PCC, a Federação Nacional de Indústria e Comércio da China, e personalidades sem filiação partidária disseram ter em mente a aspiração original de cooperação, e continuarão a trabalhar em conjunto com o PCC.

Diante das mudanças invisíveis em um século, a jornada à frente é certamente desafiadora.

Em suas observações, Xi pediu ao Partido que mantenha seu grande espírito fundador. Ele é composto pelos princípios de defender a verdade e os ideais, manter-se fiel à aspiração original e missão fundadora, lutar corajosamente sem medo de sacrifícios, e permanecer leal ao Partido e fiel ao povo.

“Olhando para trás no caminho que percorremos e avançamos para a jornada que nos espera, é certo que, com a firme liderança do Partido e a grande unidade do povo chinês de todos os grupos étnicos, alcançaremos o objetivo de construir um grande país socialista moderno em todos os aspectos e realizar o sonho chinês de revitalização nacional”, disse Xi.

TAGS: diariope | mundo | anos | 100 | comemoracao | china | pcc |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Terceira dose de vacina anticovid começa a ser aplicada em Israel para aumentar imunidade
Manhã na Clube: entrevistas com coronel Luiz Meira (PTB), Regina Sales e Maria Dulce
Manhã na Clube: entrevistas com José Maria Eymael, Rodrigo Floro e Chico Kiko (PP)
Leão se afasta de parque onde vive solto e assusta moradores de cidade africana
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco