Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

EUA

Autoridades discutem transformar local de desabamento na Flórida em 'monumento'

Por: AFP

Publicado em: 13/07/2021 18:31

 (Foto: Chandan Khanna/AFP
)
Foto: Chandan Khanna/AFP
Em Surfside, a localidade da Flórida onde um edifício residencial desabou em 24 de junho, estão sendo feitas discussões sobre levantar um monumento simbólico no terreno onde ficava o imóvel, indicaram as autoridades locais nesta terça-feira (13).

O acidente que deixou pelo menos 95 mortos, dos quais 85 já identificados, e 14 pessoas desaparecidas após 20 dias de buscas, segundo a prefeita do condado de Miami-Dade, Daniella Levine Cava.

"Todos temos falado sobre o que poderia ou deveríamos fazer com este lugar" disse ao finalizar as operações de remoção dos escombros e o inquérito judicial em aberto, afirmou em uma coletiva de imprensa. 

"Temos começado a falar sobre o fato de que definitivamente necessitamos de um monumento. Devemos ter algum tipo de monumento simbólico", disse. 

Faltaria determinar o lugar exato deste monumento e se ficará em todo o local ou apenas em parte dele, completou Levine Cava.

Uma petição online no site Change.org havia arrecadado mais de 1.200 assinaturas para que o perímetro do imóvel desabado "se torne um monumento", estimando que o acidente "deixou numerosos mortos e que cada morto e desaparecido deve ser lembrado".

Mas alguns residentes querem que se construa um novo prédio nesse terreno, destacou Charles Burkett, o prefeito da pequena localidade de 6.000 habitantes ao norte de Miami.

"Algums famílias também querem voltar a viver ali. Querem que o edifício seja reconstruído em uma parte do lugar, reconhecem que uma parte do lugar é sagrado, mas não aceitam perder suas casas", explicou.

O complexo Champlain Towers South, um imóvel de 12 andares construído em frente ao mar, desabou parcialmente na madrugada de 14 de junho por razões ainda desconhecidas. Os primeiros indícios da investigação apontam para o desgaste de alguns setores da estrutura do edifício.

O resto do edifício foi evacuado após o acidente e demolido em 4 de julho, feriado de independência nos Estados Unidos, porque as autoridades temiam que sua instabilidade colocaria em risco as equipes de resgate.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bolsonaro investigado: Não aceitarei intimidação
Manhã na Clube: entrevistas com prefeito João Neto (PL), dra Tamires Sales e advogado Rômulo Saraiva
Manhã na Clube: entrevistas com Chico Kiko, Diego Pascaretta e Rômulo Saraiva
Domitila, artivista e recifense que está entre as selecionadas do Miss Alemanha 2021
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco