Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

RÚSSIA

Rússia comunica início dos testes clínicos da versão nasal e light da Sputnik V

Publicado em: 19/02/2021 19:48

 (Foto: Sputnik V/Divulgação)
Foto: Sputnik V/Divulgação
O prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, declarou que o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya esta fazendo testes clínicos de uma nova versão da vacina Sputnik V. Os pesquisadores do novo imunizante, denominado como Sputnik Light, também querem desenvolver uma variante nasal da mesma para criar uma imunidade especifica na região da nasofaringe.

"A nova substância foi projetada para eliminar o principal inconveniente da clássica Sputnik V, a existência de dois componentes administrados ao paciente com algumas semanas de intervalo. A Sputnik Light já passou as primeiras fases de testes. Todos os que a receberam formaram imunidade à Covid-19, e a substância em si é tolerada pelo organismo como uma vacina comum", anunciou Sobyanin.

De acordo com o comunicado do prefeito, a nova vacina exigirá uma única dose da injeção, necessitando ainda de um período mais curto para produzir anticorpos, que terá inicio depois de uma semana e que alcançará o máximo após quatro semanas. Além disso, Sergei Sobyanin informou que a Sputnik Light, que utiliza os mesmos vetores portadores adenovirais que a Sputnik V, não contém o novo coronavírus e, por isso, é impossível ficar infectado ou infectar outros.
Após o Ministério da Saúde da russo aprovar o novo imunizante para a terceira fase de testes, começarão os ensaios clínicos com 6.000 pessoas na Rússia e nos Emirados Árabes Unidos.

Em relação, a versão nasal da vacina, Sobyanin disse que também serão realizadas três fases de testes clínicos do produto. "Estamos também explorando novas formas de proteção contra o coronavírus. Os especialistas desenvolveram uma versão nasal da Sputnik V, que forma imunidade na área da nasofaringe", acrescentou. Ele esclareceu que este medicamento não substituirá uma verdadeira vacinação, entretanto pode ser útil como uma barreira adicional.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
PIB brasileiro tem queda expressiva de 4,1%
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 03/03
Secretários estaduais de Saúde pedem mais rigor nas medidas de restrição contra Covid-19
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/03
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco