Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

FRANÇA

França diz que no contexto atual não ratifica acordo econômico com o Mercosul

Publicado em: 22/02/2021 20:07

 (Foto: Wikimedia Commons)
Foto: Wikimedia Commons
A França, maior produtor agrícola da União Européia, é um dos oponentes mais ferrenhos da atual versão do acordo de livre comércio com os países do bloco econômico sul-americano, formado pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Segundo publicação da agência Reuters, uma autoridade da administração do líder francês Emmanuel Macron, disse nesta segunda-feira (22) que não existe hipótese da França ratificar o acordo comercial fechado em 2019. "As condições para repensarmos são numerosas e drásticas e de momento não há hipóteses de serem cumpridas pelos países em questão", revelou a fonte que não foi divulgada.

O governo francês alega preocupações sobre o risco de um aumento nas exportações agrícolas da América do Sul para a Europa e o impacto do acordo sobre as florestas e o clima. Além disso, no começo de fevereiro uma carta assinada por 65 eurodeputados e enviada ao primeiro-ministro de Portugal, António Costa, pressiona para que o acordo comercial seja suspenso porque defendem que o mesmo causará um crescimento do desmatamento, principalmente devido à política ambiental adotada pelo Brasil.

Já o Embaixador da União Européia no Brasil, Ignacio Ybañez, também declarou que a aprovação do acordo entre a EU e o Mercosul, que vem sendo negociado ao longo de duas décadas, depende das decisões tomadas pelo governo do presidente brasileiro Jair Bolsonaro. "Precisamos de fatos. Se não houver avanços, não será possível assinar este acordo. Continuaremos demandando do Brasil, até que haja resultados concretos. O Brasil sabe o que precisa ser feito", afirmou Ybañez.

Em contrapartida, o governo brasileiro refuta as críticas de que não está realizando o suficiente para reprimir o desmatamento na Amazônia, e ainda garante que a pressão da União Européia sobre o Brasil se deve a interesses protecionistas.
TAGS: acordo | mercosul | frança |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 03/03
Secretários estaduais de Saúde pedem mais rigor nas medidas de restrição contra Covid-19
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/03
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco