Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

MUNDO

Chanceler da Áustria discursa à população sobre o atentado terrorista em Viena

Publicado em: 03/11/2020 20:02 | Atualizado em: 03/11/2020 21:23

 (Foto: Joe Klamar / AFP)
Foto: Joe Klamar / AFP

O chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, declarou nesta manhã de terça-feira (3) que repele intensamente os agressores que cometeram os ataques a tiros em Viena, capital do país. "Foi confirmado que o ataque de ontem (2) foi definitivamente um ato terrorista islâmico. Foi um ataque terrorista por ódio a nossos valores fundamentais, nosso modelo de vida, por ódio à nossa democracia, na qual todas as pessoas são iguais. Deve ficar claro que não se trata de um conflito entre cristãos e muçulmanos ou entre austríacos e imigrantes. Não, é uma luta entre muitas pessoas que acreditam na paz, e aqueles poucos que querem a guerra. É uma luta entre a civilização e a barbárie, e vamos travar essa luta com toda a nossa determinação", afirmou o chefe de Estado da Áustria em um discurso à população.

Kurz ainda acrescentou que a Áustria irá defender seus valores fundamentais, seu estilo de vida e sua democracia de todas as maneiras possíveis. "Vamos monitorar, processar e levar à Justiça os criminosos, instigadores e pessoas com os mesmos interesses. Esta é uma luta entre a civilização e a barbárie", garantiu o chanceler.

Também, segundo a polícia local, ao menos um dos criminosos foi morto e mais um está sendo procurado. Além disso, o ministro do Interior austríaco, Karl Nehammer, disse que o agressor fugitivo era um apoiador do Daesh, organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países.

O jornal austríaco Kronen Zeitung noticiou que a polícia ainda prendeu em Linz, cidade a cerca de duas horas da capital, um suspeito do ataque terrorista a Viena. De acordo com a publicação, a prisão aconteceu hoje pela manhã e o suspeito detido é islamita, como havia informado as autoridades locais. O preso não ofereceu qualquer resistência e não ouve troca de tiros. De acordo com o portal Heute, subiu para cinco o número de vítimas civis do ataque terrorista, que ocorreu próximo a uma sinagoga. Anteriormente, o Ministro do Interior da Áustria, Karl Nehammer, tinha dito que quatro pessoas, incluindo um dos atiradores, foram mortas durante o atentado, sendo que 22 pessoas ficaram feridas durante os ataques da última noite.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/12
De 1 a 5: Novembro Azul chega ao fim, mas prevenção do câncer de próstata precisa ser permanente
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão #276 Propagação vegetativa em plantas
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco