Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

MUNDO

Trump pode aumentar pacote de ajuda para chegar a acordo com democratas

Por: AFP

Publicado em: 15/10/2020 14:46 | Atualizado em: 15/10/2020 15:21

 (ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse estar disposto a aumentar a oferta do governo para desbloquear as negociações sobre um novo pacote de ajuda econômica em meio à pandemia do coronavírus, num momento em que se encontra atrás nas pesquisas para as eleições de novembro.

A Casa Branca propôs na semana passada um pacote de 1,8 bilhão de dólares para empresas e famílias, acima do 1,5 bilhão oferecido anteriormente, contra os 2,2 bilhões de dólares que a oposição democrata deseja. 

Trump reiterou à Fox Business nesta quinta-feira que ele poderá aumentar a aposta, depois de suspender as negociações com os legisladores na semana passada e voltar atrás na decisão. 

"Vou, vou com certeza. Vou colocar mais. Vou subir mais", declarou ele, à medida que se aprofunda a diferença nas pesquisas com seu adversário democrata Joe Biden e ele enfrenta a possibilidade de não ser reeleito. 

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse na quarta-feira que, apesar de alguns progressos, um acordo com os democratas sobre um novo pacote de estímulo ainda não havia sido alcançado. 

"Continuamos a avançar em certas questões, mas em algumas questões ainda estamos muito longe", reconheceu Mnuchin. 

Democratas e republicanos estão atolados há meses em discussões sobre novas medidas para restaurar o pacote expirado de 2,2 trilhões de dólares da Lei CARES, aprovada em março, quando a pandemia de coronavírus atingiu em cheio os Estados Unidos.

Trump disse que financiará a nova ajuda tirando "dinheiro da China", que ele acusa de ser responsável pela pandemia do coronavírus que surgiu naquele país. 

Além disso, o republicano culpou a líder democrata Nancy Pelosi pelo bloqueio nas negociações entre o governo e o Congresso, que se opõe a medidas específicas como a ajuda setorial proposta pelo Executivo, e argumentou que a líder tem "problemas mentais e é muito difícil fazer qualquer coisa com ela". 

Os democratas exigem ajudar os estados e governos locais mais expostos aos danos econômicos da pandemia. 

"Continuamos com as negociações e tentando chegar a um acordo sobre um pacote mais amplo" de assistência, explicou o secretário do Tesouro na quarta-feira, acrescentando que Pelosi rejeitou uma medida separada para ajudar as companhias aéreas que este mês deixaram dezenas de milhares de trabalhadores desempregados. 

"Tudo ou nada não faz sentido para nós", enfatizou Mnuchin.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Rhaldney Santos entrevista Dr. João Gabriel Ribeiro, neurocirurgião
Rhaldney Santos entrevista Armando Sérgio (Avante)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #179 - Coração dos vertebrados
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco