Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

REDE SOCIAL

Contas no TikTok com animais silvestres causam preocupação

Por: FolhaPress

Publicado em: 06/09/2020 14:16

 (Foto: Reprodução/Internet)
Foto: Reprodução/Internet
Contas no TikTok de donos de animais silvestres têm causado preocupação em especialistas, de acordo com o site Insider. A rede social, como muitas outras, está cheia de publicações com cachorros e gatos, mas também conta com animais menos comuns, como esquilos ou guaxinins, ou até mesmo macacos e raposas.

Muitas das contas são de profissionais da área, que resgatam animais silvestres de situações de maus-tratos, e tem a intenção de educar a população de como lidar com os bichos. Entretanto, em alguns casos não é possível saber a proveniência dos animais, que aparecem em contas com milhões de seguidores.

Em muitos posts, chovem comentários de pessoas perguntando como adquirir os animais que aparecem nos vídeos. Um médico veterinário ouvido pelo site diz que os posts, que costumam ter milhares de visualizações, podem ter o efeito de incentivar pessoas a comprar animais silvestres através do tráfico.

Além disso, é muito difícil encontrar veterinários especializados em animais pouco comuns, e mesmo onde existem, os tratamentos e a dieta costumam ser caros. "O principal problema em pacientes que são animais silvestres é que seus donos não sabem cuidar deles", disse Evan Antin, veterinário na Califórnia, ao site Insider.

Existe ainda o risco de ferimentos quando o animal entra na fase adulta e deixa de ser dócil. "À medida que eles se desenvolvem e os hormônios sexuais aumentam, eles podem se tornam animais completamente diferentes, o que pode ser muito perigoso", disse Antin.

Um exemplo são guaxinins, que são inofensivos quando bebês, mas podem ser muito agressivos quando adultos, diz Antin. No TikTok, a hashtag #TrashPanda de donos de guaxinins tem centenas de vídeos.

Outro animal silvestre que aparece com frequência na rede social é a raposa. A conta @TheWhiteRedFox posta vídeos de uma raposa-vermelha com pelo totalmente branco, e seu dono, Troy Hoffman, diz que o objetivo é explicar como cuidar desses animais.

Hoffman diz que só a dieta de proteínas da raposa custa US$ 60 (R$ 264) por semana, e muitas vezes ela acorda às duas horas da manhã para brincar. Raposas também urinam quando ficam agitadas, e defecam no mesmo lugar onde comem.

"As pessoas pegam esses animais silvestres, mas não sabem que existe mais do que aparece em um vídeo de um minuto no TikTok", diz Hoffman.
Em um caso, a raposa Tod, da conta tod_the_foxx, acabou morrendo após ser diagnosticada de forma errônea por um veterinário, relatou o dono. A conta tem 1,9 milhão de seguidores no TikTok e mais 25 mil no Instagram.
De acordo com o TikTok, a rede atua para banir vídeos que demonstrem maus tratos ou violência envolvendo animais.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: Cuidados na saúde ocular das crianças
Rhaldney Santos entrevista a ginecologista Altina Castelo Branco
Pantanal: o pior incêndio da história
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #Aulão: tudo sobre botânica
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco