Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

ESTADOS UNIDOS

Trump avalia fazer discurso na Casa Branca para oficializar sua candidatura

Por: AFP

Publicado em: 05/08/2020 13:47

 (Foto: Drew Angerer / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)
Foto: Drew Angerer / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (5) que avalia fazer, na Casa Branca, um discurso de aceitação da candidatura republicana para as eleições de 3 de novembro, o que romperia com uma longa tradição. 

"Estamos pensando nisso. Seria o mais fácil do ponto de vista da segurança", disse Trump à Fox News. 

O discurso de candidatura de 27 de agosto, a formalidade mais importante de um candidato presidencial, seria originalmente um ato da convenção nacional republicana em Charlotte, Carolina do Norte. 

Mas o plano teve que ser descartado devido à pandemia de coronavírus, assim como a tentativa de transferir o evento para a Flórida. 

Nos Estados Unidos, os presidentes que buscam a reeleição devem separar os atos de sua campanha das atividades oficiais financiadas pelos contribuintes. Portanto, usar a icônica Casa Branca como cenário para o discurso de aceitação seria, no mínimo, questionável.

Trump disse à Fox News que a logística e os custos eram sua principal preocupação. 

"É uma operação muito grande", disse. "Estamos pensando em fazê-lo na Casa Branca porque não precisaria de deslocamentos. É fácil. E acho que é um ambiente bonito".  É "de longe o menos custoso para o país", acrescentou. 

No entanto, Trump afirmou estar disposto a pronunciar o discurso em outro local caso haja alguma objeção. "Se alguém tiver problemas com isso, eu poderia ir para outro lado", disse o presidente. 

A Covid-19, que deixa mais de 156.000 mortos nos Estados Unidos, mudou completamente a campanha eleitoral, impossibilitando grandes comícios e passeatas. 

Os democratas estão se preparando para uma convenção que será quase totalmente virtual, de 17 a 20 de agosto em Milwaukee, Wisconsin. Os delegados republicanos, no entanto, planejam se reunir em uma sessão reduzida em Charlotte para indicar Trump em 24 de agosto.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: acidente em Boa Viagem, aulas liberadas e reinauguração do Geraldão
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #101 Actina e Miosina
Rhaldney Santos entrevista advogada Rafaella Simonetti do Valle
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco