Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

SAÚDE

Ameba 'comedora de cérebro' com alto índice de letalidade gera alerta nos EUA

Publicado em: 06/07/2020 17:57

 (Foto: BCC/Reprodução )
Foto: BCC/Reprodução
Autoridades de saúde do estado da Flórida, nos Estados Unidos, confirmaram o caso de uma rara ameba "comedora de cérebro" contraída por uma pessoa no condado de Hillsborough. A Naegleria fowleri provoca graves consequências, levando a maioria dos casos à morte. 

Entre os sintomas apresentados pelos infectados pela ameba, estão febre, náusea, vômito, dores de cabeça e rigidez na nuca. Estima-se que 97% dos pacientes morrem em em decorrência da infecção, a maioria em até uma semana.

De acordo com as autoridades sanitárias, a ameba não é transmisível de uma pessoa para outra. Frequentemente encontrada em água morna, a ameba entra no corpo pelo nariz. Por isso, o Departamento de Saúde da Flórida alertou os moradores do condado que evitem o contato do nariz com água encanada e de outras fontes da região.

As autoridades pediram que que qualquer pessoa com esses sintomas deve procurar atendimento médico rapidamente. "Lembre-se de que essa doença é rara e estratégias eficazes de prevenção podem permitir banhar-se de forma segura e relaxante durante o verão".

No caso de mergulhos, o recomendado é que se mantenha a água distante do nariz ao nadar, seja cobrindo o nariz com a mão, deixando-os fora da água ou usando itens para cobrir os orifícios.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: adolescente trans ganha novo registro, chacina em Ipojuca e alívio na pandemia
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
OMS descarta transmissão da Covid-19 por alimentos
Suspeito de assassinar blogueiro e filho adolescente em Rio Formoso se entrega
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco