Diario de Pernambuco
Busca

GOVERNO FEDERAL

Mais de 677 mil MEIs, micro e pequenas empresas podem se beneficiar do programa Acredita em Pernambuco

Governo Federal almeja ampliar acesso ao crédito, renegociar dívidas e garantir apoio a esses três setores

Publicado em: 23/04/2024 16:01

Presidente Lula, ministros, autoridades e potenciais usuários das novas opções de crédito no evento de lançamento do Acredita (Ricardo Stuckert / PR)
Presidente Lula, ministros, autoridades e potenciais usuários das novas opções de crédito no evento de lançamento do Acredita (Ricardo Stuckert / PR)
O Programa Acredita, lançado pelo presidente Lula (PT) na última segunda-feira (22), pode beneficiar cerca de 677 mil Microempreendedores Individuais (MEIs), microempresas e empresas de pequeno porte de Pernambuco, de acordo com dados do Governo Federal.

A iniciativa pretende criar condições para ampliar o acesso a crédito, renegociar  dívidas e garantir mais apoio a esses três setores da economia.

“Não tem nada mais imprescindível para uma sociedade, qualquer que seja ela, se desenvolver, se ela não tiver condições de ter oportunidade e se não tiver crédito. Nós estamos criando as condições para que, independentemente da quantidade, da origem social, do tamanho dos negócios, as pessoas tenham o direito de ter acesso ao sistema financeiro e pegar um crédito", disse Lula no evento de lançamento do programa, no Palácio do Planalto.

No Brasil, são mais de 15,6 milhões de MEIs, dos quais 475,6 mil estão registrados em Pernambuco - 271,8 mil comandados por homens (57,1%), e 203,8 mil (42,9%) por mulheres. O estado também demonstra potencial no setor das microempresas, com 167,5 mil unidades desse tipo de negócio entre os mais de 6,69 milhões registrados no Brasil.

Já o setor de empresas de pequeno porte em Pernambuco tem hoje 33,9 mil registros entre os mais de 1,21 milhão em todo o país que poderão ampliar o acesso a crédito por meio do Acredita.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL