Diario de Pernambuco
Busca

Tecnologia

Empresas de Pernambuco participam de feira de tecnologia ambiental na China

Na Missão China 2024.1, realizada pelo Grupo Teleport, também será inaugurado o HubBrasilChina, um escritório de negócios para empresas brasileiras na China

Publicado em: 20/03/2024 16:58 | Atualizado em: 20/03/2024 17:51

O HubBrasilChina é resultado de duas missões realizadas pelo grupo, em 2023, quando os empresários perceberam as oportunidades de negócios que podem ser criados entre o Brasil e a China (Foto: Pixabay)
O HubBrasilChina é resultado de duas missões realizadas pelo grupo, em 2023, quando os empresários perceberam as oportunidades de negócios que podem ser criados entre o Brasil e a China (Foto: Pixabay)
A missão China 2024.1, criada pelo Grupo Teleport, levará empresas brasileiras para o Fórum e Exposição Internacional de Cooperação Ambiental de Macao (MIECF 2024), de 28 a 30 de março de 2024, no The Venetian Macao Cotai Expo, na China. A empresa especializada em educação à distância também vai inaugurar, no dia 30 de março, a HubBrasilChina, um escritório de negócios para as empresas dos dois países, em Macao.
 
11 empresas brasileiras de locais como Brasília, Rio Grande do Norte e São Paulo fazem parte da comitiva da Missão China 2024.1 e outros 20 empresários estão inscritos na HubBrasilChina. "O HBC será a base das empresas brasileiras para realizar negócios com as empresas chinesas. As participantes do Hub passam a ter endereço na China para abrir um CNPJ local e realizar importações e exportações com muitos benefícios oferecidos pelo governo chinês", afirmou o CEO da Teleport, Gildo Neves Baptista.
 
"A ideia é expor as empresas dentro da feira, que devem buscar as suas parcerias no país. O propósito da Teleport foi criar uma musculatura para colocar em tese uma prática o estudo técnico da Itaú Trabalho, que deve incrementar o PIB brasileiro", explicou Gildo Neves. O estudo técnico do Itaú aponta o potencial de aumento do número de estudantes matriculados em cursos técnicos no Brasil. Segundo o estudo, essa medida poderia injetar R$ 250 bilhões na economia brasileira e aumentar o PIB nacional em 5,39%. 
 
O HubBrasilChina é resultado de duas missões realizadas pelo grupo, em 2023, quando os empresários perceberam as oportunidades de negócios que podem ser criados entre o Brasil e a China. A expectativa é que, no futuro, também seja instalado um hub para as empresas chinesas poderem ter uma unidade em Pernambuco, no Porto de Suape. Os dois hubs irão facilitar o intercâmbio de informações, as oportunidades de investimentos e o apoio técnico às empresas que buscam expandir seus negócios, seja para mercado chinês ou o brasileiro.
 
"A grande vantagem para o associado é que ele vai poder dispor de serviços do Hub, como videoconferências com um tradutor e além disso terá toda as orientações de logísticas no país", explicou Luís Othon Bastos, CEO do HubBrasilChina e professor da Universidade de Pernambuco (UFPE).

Crescimento econômico na educação

O MIECF 2024, um dos principais eventos de tecnologia ambiental da China, reunirá empresas dos setores de meio ambiente, tecnologia e inovação, oferecendo uma plataforma para networking e troca de conhecimentos. "Levamos os empresários com o propósito de apresentar aos parceiros e investidores chineses o potencial de investimentos no setor de Educação no Brasil, especialmente com as 11 empresas que formam a comitiva brasileira", detalhou Gildo Neves Baptista.

Tags: tecnologia | china |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL