Diario de Pernambuco
Busca

OPORTUNIDADE

Pernambucanos podem disputar 70 mil bolsas gratuitas para formação em jogos, streaming, metaverso, programação e dados

Os participantes poderão escolher uma das quatro trilhas de conteúdo para formação em transmissão de conteúdo, imersão no metaverso e para se aprimorar nos jogos League Of Legends (LoL) e Valorant

Publicado em: 13/10/2023 18:18

Os cursos, todos gratuitos, serão ministrados em parceria com a escola Ada Tech, especializada no ensino de programação e tecnologia (Foto: Arquivo/DP)
Os cursos, todos gratuitos, serão ministrados em parceria com a escola Ada Tech, especializada no ensino de programação e tecnologia (Foto: Arquivo/DP)
O Santander, através do programa Gamer Pro, vai conceder 20 mil bolsas de estudo gratuitas do programa Santander Game Pro para contribuir com o desenvolvimento do cenário dos e-sports no país.

As inscrições vão até dia 18/10 e devem ser realizadas na plataforma Bolsas Santander através do link
 
A ação é feita em parceria com a CNB Esports, um dos clubes de esportes eletrônicos mais tradicionais da América Latina, e terá cursos gratuitos que oferecerão trilhas de aprendizado dos jogos League of Legends (LoL) e Valorant, além de um módulo voltado para quem deseja se tornar streamer e uma trilha de conteúdo única para a imersão no metaverso.

O programa possui quatro trilhas de aprendizados, cada uma delas com uma quantidade específica de bolsas.

Serão 8 mil vagas para se aprimorar no LoL, 8,5 mil para o Valorant, 3 mil bolsas para streamers e 500 bolsas para quem deseja se aprofundar nas novas tecnologias e possibilidades dentro do Metaverso, a nova dimensão da internet.

As trilhas de cursos serão aplicadas de forma online dentro da plataforma da CNB Esports, que possui uma metodologia de avaliação em etapas para medir e garantir a escolha dos melhores candidatos e alto índice de aproveitamento dos talentos.

O mercado de e-sports não está apenas centralizado nos jogadores profissionais.

“Há uma geração que consome e produz conteúdo pago para os principais campeonatos de League of Legends e Valorant. O Santander Gamer Pro busca elevar o nível dos gamers, além de dar toda a estrutura para que eles possam reproduzir profissionalmente o conteúdo aprendido em uma plataforma monetizada. Dessa forma, possibilitamos várias oportunidades de mercado neste mundo, seja atuando como pró-player, ou como streamer de jogos online”, diz Márcio “Giannico, Senior Head do Santander Universidades no Brasil.

Entendemos que os e-sports são mais do que apenas competições; eles são uma forma de expressão e comunidade" afirma Cleber Fonseca, cofundador do CNB Esports. 

“Com esta parceria, estamos tornando ainda mais inclusiva e democrática essa comunidade e poderemos não apenas desenvolver habilidades técnicas e teóricas através de nossos cursos, mas também cultivar uma geração de jogadores e criadores de conteúdo que possam impactar positivamente a indústria e a cultura dos games no Brasil." complementa Carlos Fonseca Junior, cofundador do CNB Esports.

Mais 50 mil bolsas disponíveis

Outras 50 mil bolsas virão do programa Santander Universidades, que vai conceder 50 mil bolsas de estudo de introdução à Programação Back-end, Front-end, Data Science e Engenheira de Dados.

Os cursos, todos gratuitos, serão ministrados em parceria com a escola Ada Tech, especializada no ensino de programação e tecnologia.

Os universitários interessados poderão se inscrever até 16/10/2023 pelo site Bolsas Santander.

Os 300 alunos com melhor desempenho terão acesso a bolsas para uma formação completa em Back-end, Front-end, Data Science ou Engenharia de Dados. 

Os cursos serão aplicados de forma online dentro da plataforma Ada Tech, que fornecerá uma visão detalhada de performance em competências técnicas e comportamentais para cada aluno, fazendo uma avaliação de desempenho e acompanhando os índices de qualidade em cada etapa.

“O Santander Coders é uma grande oportunidade para que interessados neste setor tenham acesso aos fundamentos da programação, um mercado que demanda uma grande quantidade de profissionais. Segundo associações do setor, 420 mil vagas deverão ser abertas em TI no Brasil até 2025, mas formamos apenas 53 mil pessoas no setor por ano”, diz Márcio Giannico, Senior Head do Santander Universidades do Brasil.

“Essa parceria com a Ada Tech também possibilita um curso completo a centenas de alunos, que terão acesso à melhor infraestrutura para que os participantes possam potencializar seu aprendizado.”      

"Temos orgulho em participar desse projeto com o Santander pelo 3º ano consecutivo. O impacto e alcance que temos com as formações mostram a importância desses projetos e validam o propósito da Ada. O Santander Coders certamente é um programa referência no Brasil, com mais de 200 mil inscritos no período." Acrescenta Felipe Paiva, CEO e Fundador da Ada Tech, sobre a importância do projeto para a população brasileira.

Os contemplados receberão um e-mail da plataforma Bolsas Santander, seguido de um contato via e-mail da Ada Tech com o acesso ao curso (cujas aulas devem ser assistidas dentro de um período pré-determinado), seguida de um teste de lógica, dinâmicas em grupo e o Coding Tank - um reforço sobre lógica de programação. Podem se candidatar às vagas maiores de 18 anos com interesse na área de tecnologia.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL