Diario de Pernambuco
Busca

ALERTA

Como fugir de golpes virtuais e aproveitar a Black Friday de forma segura

Fintech dá dicas de como fazer compras online durante a liquidação de maneira tranquila e sem se preocupar com os golpistas que assombram a internet

Publicado em: 31/10/2023 20:23


Golpistas enxergam uma chance de se aproveitar da ingenuidade dos consumidores para realizar operações ilícitas
 (foto: Freepik)
Golpistas enxergam uma chance de se aproveitar da ingenuidade dos consumidores para realizar operações ilícitas (foto: Freepik)

O comércio online trouxe inúmeras vantagens para os consumidores, tornando as compras mais acessíveis e convenientes. No entanto, à medida que essas práticas se tornam mais comuns, os golpes virtuais também aumentam. Para garantir que as compras online se tornem mais seguras, é essencial estar ciente dos riscos e adotar medidas para proteger o dinheiro e a segurança pessoal.

 

Com a Black Friday se aproximando, as ofertas tentadoras começam a inundar o mundo online, fazendo com que os golpistas enxerguem uma chance de se aproveitar da ingenuidade dos consumidores para realizar operações ilícitas. A compliance officer do Nossbank, Silvia Barbosa, indica seis cuidados a tomar na hora de realizar compras através da internet.

 


Verifique as recomendações e reputação do varejista

 

Faça uma pesquisa sobre a reputação da empresa. No buscador da internet tente fazer a pesquisa com combinações de palavras, combinando, por exemplo, o nome da Loja + reputação, nome da loja reclamação, nome da loja Black Friday.

 


Use conexões seguras

 

Certifique-se de que o site seja seguro e verifique se há um cadeado na barra de endereços antes de inserir seus dados.

 


Desconfie de valores muito baixos

 

Durante a Black Friday são esperadas promoções e preços baixos. Mas, se o valor do produto for muito abaixo do mercado, desconfie. Avalie os valores do mesmo produto em outros sites e lojas para saber a média do mercado.

 


Proteja as informações pessoais

 

Não compartilhe informações pessoais como nome, CPF, telefone e, principalmente, informações financeiras em sites que você não conhece. Na dúvida, faça uma busca na internet pelo nome da loja e compare os links.

 


Pagamentos por PIX

 

Se quem é o vendedor é uma pessoa jurídica (loja), desconfie se a chave PIX estiver vinculada a uma pessoa física. Na dúvida, questione o vendedor.



Notas fiscais

 

Só compre em locais que fornecem notas fiscais. Também é importante verificar se a empresa existe. No site da Receita Federal é possível consultar pelo CNPJ, a localização da empresa e checar outros dados para comparar com o que está na nota. 

 

 

Confira as informações no Estado de Minas 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL