Diario de Pernambuco
Busca

SALÁRIOS

Piso da enfermagem: nova ferramenta ajuda a calcular valor

Conselho da classe criou calculadora para ajudar profissionais a saber quanto vão ganhar

Publicado em: 25/09/2023 15:08 | Atualizado em: 25/09/2023 15:27

O Coren-PE informa que a calculadora leva em consideração os valores correspondentes à remuneração bruta, ou seja, sem os descontos e encargos trabalhistas (Foto:Freepik)
O Coren-PE informa que a calculadora leva em consideração os valores correspondentes à remuneração bruta, ou seja, sem os descontos e encargos trabalhistas (Foto:Freepik)
O Conselho Regional de Enfermagem (Coren-PE) lançou uma ferramenta que pode auxiliar os profissionais a calcular o salário a partir  do aumento do piso salarial da categoria.  Ela está disponível no site da autarquia (www.coren-pe.gov.br). 

Em Pernambuco, o novo piso ainda não foi repassado. A governadora Raquel Lyra anunciou no final da semana passada que o governo vai pagar a partir da próxima sexta-feira (29).

O Coren-PE informa que a calculadora leva em consideração os valores correspondentes à remuneração bruta, ou seja, sem os descontos e encargos trabalhistas. Alguns valores podem variar de acordo com a escala mensal do profissional.

Como funciona

Segundo o Coren, a calculadora foi criada  para assegurar que os profissionais recebam uma "remuneração justa" de acordo com as horas trabalhadas. 

Em poucos cliques, os auxiliares, técnicos e enfermeiros conseguem ter a informação exata sobre a remuneração, levando em consideração a relação entre escalas de trabalho, carga horária e o valor do piso de cada uma das categorias.

Nos três primeiros anos de uso da ferramenta, mais de 16 mil profissionais acessaram o recurso. 

No país

Nas últimas semanas, os profissionais de enfermagem, em todo o país, começaram a ter acesso aos contracheques com os valores referentes ao piso nacional da categoria. 
Após os repasses dos recursos federais para estados e municípios, como determinou o Supremo Tribunal Federal, teve início, o cumprimento da Lei 14.434/2022 para o setor público.

Se por um lado, os profissionais começaram a vivenciar na prática a concretização de uma luta histórica, por outro, passaram a surgir dúvidas quanto ao pagamento dos valores proporcionais.

Entenda

Este ano, os ministros do STF decidiram que o valor integral do Piso Salarial da Enfermagem é destinado aos profissionais que têm 44 horas semanais de trabalho, 8h diárias ou 220 horas mensais. 

Desta forma, aqueles que possuem escalas diferentes devem receber de forma proporcional, levando em consideração o seguinte cálculo: a carga horária semanal multiplicada pelo valor do piso é dividida por 44. 

Ou seja, caso uma enfermeira possua uma carga horária de 30 horas semanais, ela fará o cálculo do valor do reajuste da seguinte maneira: 30 (carga horária semanal) X R$ 4.750 (valor do piso para enfermeiros) / 44 = R$ 3.238.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL