Diario de Pernambuco
Busca

INVESTIMENTOS

Crediamigo pode chegar a R$ 920 mi em contratos

Programa do BNB já destinou R$ 470 milhões para microempreendedores em Pernambuco e tem uma reserva de R$ 450 milhões até o fim do ano

Publicado em: 12/09/2023 07:49 | Atualizado em: 12/09/2023 08:08

Em toda sua área de atuação, o banco aplicou R$ 1,63 bilhão via a linha de crédito FNE Inovação no primeiro semestre de 2023 (Divulgação/BNB)
Em toda sua área de atuação, o banco aplicou R$ 1,63 bilhão via a linha de crédito FNE Inovação no primeiro semestre de 2023 (Divulgação/BNB)

O Banco do Nordeste (BNB) deve destinar cerca de R$ 920 milhões ao longo de 2023 para o programa Crediamigo, destinado a microempreendedores, em Pernambuco. Até agora, a instituição financeira já disponibilizou R$ 470 milhões em contratos e tem outros R$ 450 milhões reservados para novos contratos até o fim do ano.

 

De acordo com o superintendente estadual do BNB, Pedro Ermírio de Almeida Freitas Filho, a redução da taxa de juros no programa deve impulsionar novas operações no estado. Entre julho e setembro, o banco reduziu a taxa mensal de 3,2% para 2,16%. “O impacto para o cliente é superpositivo porque a parcela do empréstimo cai de forma significativa”, disse.

 

As regras do programa prevê que cada microempreendedor podem captar até R$ 21 mil, valor a ser liberados de uma só vez em até sete dias. O montante pode ser empregado para a compra de insumos, ferramentas ou para reforçar o caixa dos negócios.

 

Se mantido o ritmo dos contratos já feitos pelo BNB, Pernambuco deve chegar ao fim do ano com cerca de 300 mil microempreendedores atendidos pelo Crediamigo. Os R$ 470 milhões já contratados foram direcionados para 160 mil negócios autônomos, microempreendedores individuais (MEI) e pessoas jurídicas com faturamento abaixo de R$ 350 mil por ano.

 

Pedro Ermírio diz que a grande procura pelo programa ocorre pelos juros baixos e a maneira simples de se firmar o contrato. “Basta o empreendedor ser maior de idade e ter ou querer iniciar uma atividade comercial. Ele nem precisa comprovar experiência na atividade, desde que participe de um grupo cujos demais participantes já tenham experiência”, esclareceu.

 

Os interessados no programa podem se informar pelo Whatsapp (85) 9973 0700.Entre os negócios aptos estão feirantes, marcenarias, sapatarias, artesanatos, padarias, produções de alimentos, lanchonetes, vendedores de cosméticos, salões de beleza, oficinas mecânicas e borracharias.

 

FUNDO

 

Outra linha de crédito do BNB que apresentou resultados positivos, neste ano, foi a FNE Inovação. De janeiro a junho, ela destinou R$ 548 milhões para empresas em Pernambuco,  uma alta de 1.127% em relação ao primeiro semestre de 2022. O montante dos seis primeiros meses de 2023 é 4,3 vezes superior à soma de todo o ano passado, que totalizou R$ 126 milhões.

 

Em toda sua área de atuação, o banco aplicou R$ 1,63 bilhão via a linha de crédito FNE Inovação no primeiro semestre de 2023. Na região Nordeste, os setores que registraram maiores altas nos financiamentos foram a Indústria, R$ 816,7 milhões, vindo depois Infraestrutura, com R$ 371,8 milhões, e Agropecuária, R$ 288,4 milhões.

 

A linha de crédito utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Daí, ter condições especiais para a inovação, incluindo taxas com juros reduzidos e prazo ampliado de pagamento, que pode chegar a até 15 anos, com carência de até cinco anos para início do reembolso ao banco. 

Tags: contratos | crediamigo |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL