Diario de Pernambuco
Busca

INFLAÇÃO

Inflação alta em agosto afasta chance de corte maior de juros, dizem analistas

Economistas e agentes do mercado avaliam que alta da inflação impede queda maior dos juros pelo Copom, para além de 0,5 ponto percentual

Publicado em: 25/08/2023 11:56 | Atualizado em: 25/08/2023 12:05

Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC, a Selic caiu de 13,75% para 13,25% ao ano. (Breno Esaki/Metrópoles)
Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC, a Selic caiu de 13,75% para 13,25% ao ano. (Breno Esaki/Metrópoles)
 
O resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial do país, que ficou em 0,28% em agosto, pode fazer com que o Banco Central (BC) diminua o ímpeto na redução da taxa básica de juros (Selic) até o fim do ano.

A elevação dos juros é o principal instrumento dos bancos centrais para controlar a inflação. Atualmente, a Selic está em 13,25% ao ano, depois de uma redução de 0,5 ponto percentual na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).

Confira a reportagem completa no Portal Metrópoles.

Tags: inflação | agosto | juros |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL