Diario de Pernambuco
Busca

COMBUSTÍVEIS

Sachsida diz que preço do diesel e gasolina pode cair mais R$ 0,10

Publicado em: 22/07/2022 13:40

 (crédito: Ed Alves/CB Press)
crédito: Ed Alves/CB Press
Ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PL), o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, afirmou nesta sexta-feira (22) que o preço da gasolina e do diesel pode cair mais R$ 0,10. O presidente percorreu alguns postos da cidade para verificar se os combustíveis estão mais baratos nas bombas. O governo corre contra o tempo na tentativa de mostrar ao consumidor que tem trabalhado para diminuir o peso nos bolsos dos eleitores.

Segundo Sachsida, a medida se deve à prorrogação da cota do Créditos de Descarbonização (CBios), no âmbito da Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), publicada no Diário Oficial da União (DOU). O decreto estabelece também, em caráter excepcional, até setembro de 2023 para comprovação da meta de 2022. O MME informou que a medida está em consonância com o estado de emergência decorrente da elevação extraordinária dos preços do petróleo.

“A medida que nós tomamos hoje, de CBios, vai baixar R$ 0,10 (o litro do combustível). Dessa vez, vai abaixar o diesel. Então, boa notícia. Até R$ 0,10 a menos no diesel e mais R$ 0,10 a menos na gasolina com os R$ 0,20 que a Petrobras já anunciou. Já é uma queda de quase R$ 0,30 na gasolina. O caminhoneiro agradece, mas não é só o caminhoneiro. É o povo brasileiro porque é uma guerra e, em uma guerra, a gente tem que tomar as medidas para baixar o preço do combustível. Nós prorrogamos a cota do CBios, vai até setembro do ano que vem. Essa medida tem potencial de reduzir em até mais R$ 0, 10 na gasolina e no diesel. É uma revisão em decorrência da guerra e estamos tendo que, em estado de emergência tomar essa medida”, relatou.

“Nós estamos dando uma chance para que as cotas de CBios sejam cumpridas até setembro do ano que vem. O CBios, quando começou, custava R$ 30, R$ 40. Duas semanas atrás estava R$ 200. Então, a nossa medida, agora, tem o potencial de reduzir em R$ 0,10 o preço da gasolina e do diesel. Uma boa notícia para os caminhoneiros".

Já o ministro da Justiça, Anderson Torres, anunciou que o governo criou um canal de fiscalização de repasse do barateamento dos combustíveis para os postos que não estejam cumprindo o decreto que prevê a obrigatoriedade de divulgação dos preços dos insumos cobrados em 22 de junho para efeito de comparação com o valor atual. O canal é denuncia-combustivel.mj.gov.br

“O governo criou ontem um canal de fiscalização na Senacon para fiscalizar os postos. Nas primeiras 24 horas mais de 500 denúncias já foram feitas visando o cumprimento do decreto. E a população em geral pode denunciar, denuncia-combustivel.mj.gov.br é o canal da população se comunicar com o governo e ajudar no cumprimento do decreto”.

Bolsonaro pediu que os consumidores guardem as notas fiscais. “A gente pede para o usuário que fique com a nota fiscal. Lá na frente eles podem talvez se reunir, entrar com uma ação contra quem não está reduzindo o preço do combustível. O Nordeste foi quem mais demorou para cumprir a legislação e onde estão os combustíveis mais caros do Brasil”. “A diferença tem que ficar é com o consumidor”, bradou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Pesquisa aponta amplo favoritismo de Liz Truss para suceder Boris Johnson

18/08/2022 às 11h52

Chanceler da Itália acusa Rússia de interferir na campanha eleitoral do seu país

18/08/2022 às 11h49

Robert De Niro interpretará dois mafiosos em filme de Barry Levinson

18/08/2022 às 11h35

Inovação aberta visa solucionar problemas de resíduos sólidos no Cabo de Santo Agostinho; prêmio é de 40 mil

18/08/2022 às 11h30

A prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, está procurando para a solução dos problemas de resíduos sólidos no município, a premiação é de R mil para tirar a solução do papel e mudar a vida dos cabenses.

Cabo de Santo Agostinho mobiliza especialistas do Brasil para encontrar soluções aos problemas de resíduos sólidos no município

18/08/2022 às 11h26

Netflix libera teaser de 'Wandinha', do universo de'A família Addams'

18/08/2022 às 11h19

Zelensky pede à ONU para 'garantir a segurança' da usina nuclear de Zaporizhzhia

18/08/2022 às 11h13

Groovin Festival reúne Racionais e outras atrações no Classic Hall

18/08/2022 às 11h00

Cena do filme 'De volta à Borgonha' -

Confira a crítica do longa 'De volta à Borgonha', atração dos cinemas

18/08/2022 às 10h49

Quatro pessoas são presas com uma tonelada de cabos de cobre

18/08/2022 às 10h44

Rússia envia mísseis hipersônicos a Kaliningrado

18/08/2022 às 10h29

Fumaça dos incêndios florestais da Rússia chega a Moscou

18/08/2022 às 10h25

Filme pernambucano Ônix tem estreia nacional no Festival Guarnicê, em São Luís

18/08/2022 às 10h22

Fontes renováveis na matriz energética devem aumentar em 2022, diz MME

18/08/2022 às 10h02

Obras de construção de Escola e Creche no Nova Petrolina estão em andamento

18/08/2022 às 10h00

Sérvia e Kosovo mantêm diálogo sob a égide da UE

18/08/2022 às 09h48

Serviços no Rio ainda não foram normalizados após ataque de hacker

18/08/2022 às 09h36

SUS de Petrolina haverá atendimentos odontológicos especializados em disfunção temporomandibular

18/08/2022 às 09h32