Diario de Pernambuco
Busca

INFLAÇÃO

Mercado projeta queda na inflação e alta no PIB, mostra boletim Focus

Publicado em: 25/07/2022 20:03

 (Foto: Ed Alves/CB)
Foto: Ed Alves/CB
A inflação deve seguir a tendência de crescimento no próximo ano, segundo projeção do Boletim Focus, do Banco Central. De acordo com a nova pesquisa, que ouviu economistas de 100 instituições financeiras do país para analisas índices da economia brasileira até 2025, outras taxas, como a da Selic, devem diminuir em relação aos números atuais, mas ainda permanecer em patamares altos durante os próximos três anos. Além disso, o levantamento, divulgado nesta segunda-feira (25/7), mostra que a expectativa do mercado financeiro é de uma queda do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2023 e 2024, além de estabilidade no câmbio do dólar.

Segundo o Focus, há uma expectativa também para o crescimento do PIB ainda em 2022. A projeção para os próximos anos, no entanto, é menos otimista, em razão do pacote bilionário aprovado pelo Congresso.

A previsão é de que a economia brasileira cresça 1,93% em 2022, 0,43 ponto percentual a mais do que no mês passado. Já para os próximos dois anos – 2023 e 2024 – a estimativa de alta caiu, respectivamente, de 0,5% para 0,49%; e de 1,8% para 1,7% em sete dias.

O economista e coordenador no Instituto de Direito Público (IDP) de Brasília Mathias Schneid explica que as projeções do PIB tendem a crescer este ano. Segundo ele, isso pode ser explicado principalmente pela volta da atividade econômica como um todo, pela diminuição do desemprego e devido ao aumento dos postos de trabalho.

"É natural também que, voltando para um equilíbrio, se reduza esse crescimento do PIB para 2023. Dessa forma, com a diminuição da inflação, o governo deve retomar a trajetória de queda a taxa Selic. Então, também acredito que para 2023 a gente vai ter uma diminuição da taxa básica de juros", afirmou Schneid.

Para o câmbio, a expectativa é de que o dólar fique ainda mais forte, e com cálculos de que ano que vem estará mais estável.

Inflação
O relatório semanal confirmou a queda do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que observa a inflação no país. Segundo a pesquisa, o IPCA hoje registra 7,3%, número 0,24% menor do que o valor da semana passada. Lembrando que, um mês atrás, o índice registrado foi de 8,27%.

A diminuição da inflação, porém, não deve se manter constante até o próximo ano. Este é o 16º relatório que afirma que, em junho de 2023, o IPCA será de 4,91%, e terá alta de 0,29% no começo de julho do mesmo ano. Além disso, o Focus registrou que, daqui A exatamente um ano, em 25 de julho de 2023, o índice estará em 5,3%, ainda assim menor que os dados deste ano.

Em relação à Selic, o Banco Central registrou que a taxa básica de juros nacional está a 13,75% ao ano. Também foi apontada uma diminuição do índice para o mesmo período de 2023, que, segundo a autoridade monetária, será de 10,75% a.a. Para 2024 e 2025, a previsão é de uma queda ainda maior, com 8% a.a e 7,55% a.a, respectivamente. Apesar das variações, o relatório aponta para uma estabilidade da taxa básica de juros.

Na próxima semana, o Comitê de Política Monetária (Copom) definirá o percentual de aumento da Selic, que pode subir até 0,5 ponto percentual.
TAGS: focus | pib | mercado | inflação |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

A poucos quilômetros da China, ilhas de Taiwan vivem alheias às tensões

13/08/2022 às 12h15

'Peixes mortos por todos os lados' em rio entre a Alemanha e a Polônia

13/08/2022 às 11h14

Acordar na madrugada para comer pode ser distúrbio de sono, diz médica

13/08/2022 às 11h11

Medo assombra ucranianos que vivem perto da maior usina nuclear da Europa

13/08/2022 às 11h07

Jogadora de basquete da Associação Nacional de Basquete Feminino (WNBA) dos EUA, Brittney Griner, que foi detida no aeroporto Sheremetyevo de Moscou e mais tarde acusada de posse ilegal de maconha, segura uma foto de seu time enquanto ela está dentro de uma jaula de réus antes de uma audiência em Khimki fora de Moscou, em 4 de agosto de 2022. -

Moscou confirma negociações para libertar traficante de armas russo preso nos EUA

13/08/2022 às 11h00

Rafa Kalimann chora ao esquecer bolsa de R$ 17,5 mil em avião

13/08/2022 às 10h57

Tempestade deixa um morto e dezenas de feridos em festival de música na Espanha

13/08/2022 às 09h24

Talibãs atiram para o ar e dispersam protesto de mulheres em Cabul

13/08/2022 às 09h21

Costa fluminense é corredor migratório de baleias-jubarte

13/08/2022 às 09h13

PF apreende quase 1 tonelada de maconha às margens do Rio Paraná

13/08/2022 às 09h10

Cerrado é o bioma mais atingido por focos de incêndios florestais em 2022

13/08/2022 às 09h00

Taxa de desemprego recua para 9,3% com avanço do setor de serviços

13/08/2022 às 08h57

Casos de violência contra mulheres no Rio e em BH chocam o país

13/08/2022 às 08h54

Receita Federal vai parcelar dívidas de impostos em até 10 anos

13/08/2022 às 08h49

Especialistas alertam sobre risco do empréstimo vinculado ao Auxílio Brasil

13/08/2022 às 08h45

Zé Felipe e Miguel falam sobre lançamento do DVD "Não é o Fim do Mundo"

13/08/2022 às 08h42

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Mega-Sena deste sábado paga prêmio de R$ 27 milhões

13/08/2022 às 08h33