Diario de Pernambuco
Busca

FINANCIAMENTOS

Financiamentos via fundos constitucionais crescem 41% em 2022

Publicado em: 31/07/2022 12:26

Ministro do Desenvolvimento Regional é entrevistado do Brasil em Pauta (Crédito: Marcello Casal jr/Agência Brasil)
Ministro do Desenvolvimento Regional é entrevistado do Brasil em Pauta (Crédito: Marcello Casal jr/Agência Brasil)
Produtores rurais e até pessoas físicas que queiram implantar sistema de energia solar em casa podem ter acesso a crédito via fundos constitucionais. Entre janeiro e maio deste ano, houve um aumento de R$ 6 bilhões em contratações, o que representa 41% a mais do que o mesmo período do ano passado. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). 

Nos cinco primeiros meses do ano, o valor aplicado pelos fundos chegou a R$ 20,1 bilhões, correspondendo a mais de 300 operações de crédito. A maior parte, R$ 13 bilhões, foi aplicada em negócios de pequeno porte. Segundo o ministro da pasta, Daniel Ferreira, o acréscimo se deve à recuperação econômica pós-pandemia da Covid-19. 

“Sessenta e cinco por cento dos financiamentos dos fundos estão indo para o mini, o micro, e o pequeno empreendedor, público que mais sofreu com a pandemia”, disse durante entrevista ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, comandado pelo jornalista Paulo La Salvia, que vai ao ar neste domingo (31). 

Os fundos constitucionais estão previstos — como o próprio nome diz — na Constituição Federal de 88. Ao todo, são três: o do Nordeste, o do Norte e o do Centro-Oeste. Eles contam com uma receita equivalente a 3% de toda a arrecadação da União com impostos de produtos industrializados e o imposto de renda, de acordo com ministro. Esse recurso fica disponível para empresas e produtores rurais, por exemplo, que queiram dar início ao negócio, ampliá-lo ou modernizá-lo. 

Para conseguir o crédito, o interessado deve buscar o recurso desejado junto ao banco correspondente de cada fundo. No Centro-Oeste, o operador financeiro responsável por conceder o financiamento é o Banco do Brasil. Neste caso, o empreendedor deve desenvolver as atividades no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso ou Mato Grosso do Sul. Os demais financiadores são o Banco do Nordeste e o Banco da Amazônia. 

Ferreira explicou que, ao todo, a receita dos três fundos é de R$ 15 bilhões por ano, entretanto, o valor pode ser de três a quatro vezes maior. “Com o histórico dos financiamentos, eles [fundos] já têm receita própria da carteira de projetos, são autossustentáveis. Conseguiriam continuar sozinhos, porque, com as receitas anuais, somadas a esses R$ 15 bilhões, eles têm R$ 50 bilhões, por ano, para conceder de crédito”, disse.

Para o ministro do Desenvolvimento Regional, uma das medidas que também favoreceram o aumento de contratações de crédito via fundos constitucionais é a mudança na estrutura de taxa de juros dos financiamentos feita nos últimos dois anos. “O setor empresarial tem taxas pré-fixadas, agora; ele não tinha antes”, afirmou. “As taxas chegam a 6% para projetos rurais e, no caso de projetos urbanos, 7,5%, as menores taxas. É bem atrativo”, acrescentou Ferreira. 
 
Habitação
Durante a entrevista, o ministro destacou a ampliação do prazo máximo de financiamento da casa própria, que passará de 30 para 35 anos. “Isso vai dar 8% a mais de capacidade de financiamento para famílias. [Com isso], a gente traz de volta aquela família que não conseguia comprar, ou a gente proporciona a uma família [que já tem uma casa] um imóvel melhor”.

A medida provisória com essa previsão já passou pelo Senado e, agora, aguarda sanção presidencial. A mesma MP, quando aprovada, também vai permitir que os depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) possam ser usados como caução nas parcelas. 

Ainda sobre política habitacional, Daniel Ferreira falou sobre as novas condições de contratação de financiamento imobiliário: as faixas de renda familiar, que foram atualizadas, e os subsídios, que foram ampliados. “O subsídio já aumentou, em alguns municípios do Brasil, em mais de 200%, desde o início do programa Casa Verde e Amarela”, disse.

Gestão de riscos e desastres
O trabalho de prevenção e de resposta a desastres da Defesa Civil, ligada ao MDR, também foi tema da entrevista. O ministro enfatizou as ações adotadas em conjunto com estados e municípios, além de medidas que podem ser tomadas pelos próprios moradores para evitar tragédias. 

O ministro também fez um panorama sobre as localidades em situação de emergência. “Hoje, são mais de 1,2 mil municípios com reconhecimento federal vigente”, afirmou Ferreira. Desde novembro do ano passado, segundo o ministro, mais de R$ 650 milhões foram repassados para ações de resposta e de reconstrução.
 
Saneamento básico 
Outro assunto em destaque na entrevista é o Novo Marco do Saneamento Básico. Onze leilões já foram realizados nos últimos anos. Um deles, o de resíduos sólidos, considerado o maior da história, segundo o ministro, e dez voltados para a questão de água e esgoto. Nesta área, a previsão é de que mais um leilão seja feito em setembro deste ano, no Ceará, que deve alavancar R$ 6 bilhões em investimentos. 

O programa Brasil em Pauta, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, vai ao ar neste domingo (24), às 22h30, na TV Brasil.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Campos Neto reforça preocupação com quadro fiscal em 2023

18/08/2022 às 14h10

Confiança dos consumidores na zona do Euro cai e inflação é recorde

18/08/2022 às 14h05

Frente inter-religiosa publica nota de repúdio a Michele Bolsonaro

18/08/2022 às 14h00

Eleições 2022: o que acontece com quem não votar ou justificar ausência

18/08/2022 às 13h50

Santas Casas: saiba o impacto do piso da enfermagem por região

18/08/2022 às 13h45

Cofen aposta em decisão favorável no STF para manter o piso da enfermagem

18/08/2022 às 13h40

Mais Jaboatão Solidário registra 1.581 atendimentos em Jaboatão Centro

18/08/2022 às 13h35

Empresários pedem mais investimentos na malha ferroviária a presidenciáveis

18/08/2022 às 13h30

Procon Caruaru participa de importantes eventos alusivos à Defesa do Consumidor, em Brasília

18/08/2022 às 13h24

Menino de 2 anos entra em máquina de pegar pelúcias no Rio

18/08/2022 às 13h20

Estado acompanha tendência de outras federações

Valor da conta de luz tem queda com nova base de cálculo do ICMS

18/08/2022 às 13h06

Exército israelense fecha escritórios de sete ONGs palestinas

18/08/2022 às 13h00

Papa descarta investigação de cardeal canadense acusado de agressão sexual

18/08/2022 às 12h58

Sorvetes Häagen-Dazs são recolhidos por suspeita de substância tóxica

18/08/2022 às 12h48

Celular explode enquanto criança assistia a vídeo no Ceará

18/08/2022 às 12h34

Ação da Reecicle e o Eletrônico Não é Lixo acontece no Shopping Patteo Olinda

18/08/2022 às 12h21

IMIP tem aumento nas consultas remotas, realizando mais de 70 mil atendimentos

18/08/2022 às 12h14

Ministro do TSE manda tirar do ar publicações de Damares sobre Lula

18/08/2022 às 12h08