Diario de Pernambuco
Busca

GASTOS

Conta de viagens internacionais teve déficit de US$ 648 milhões

Publicado em: 25/07/2022 13:30 | Atualizado em: 25/07/2022 14:54

 (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Os gastos com viagens de brasileiros ao exterior estão normalizando, de forma a se aproximarem cada vez mais com os registrados no período anterior à pandemia, conforme disse hoje (25) o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha.

Ao detalhar os resultados do setor externo referentes ao mês de março, Rocha disse que a conta de viagens internacionais registrou despesas líquidas de US$ 648 milhões no mês. O número é bastante superior ao registrado em março de 2021, quando essas despesas somaram US$ 100 milhões.

De acordo com o BC, na mesma base de comparação - março de 2022 com março de 2021 -, os fluxos brutos de receitas de viagens, que representam os gastos de estrangeiros no Brasil, expandiram 112,2%, totalizando US$ 453 milhões, enquanto as despesas de viagens (gastos de brasileiros no exterior) cresceram 251,8%, somando US$ 1,1 bilhão.

Espaço para crescer
 
“Esses US$ 648 milhões de março de 2022 [saldo] parece ter mais espaço para crescer, na medida em que forem se normalizando as atividades durante o pós- pandemia”, disse Rocha acrescentando que, com relação às contas de viagens internacionais, o país “está a caminho da normalidade pré pandemia”. Mas ainda não chegamos lá”.

Ele lembra que essas contas sempre apresentam muita sazonalidade, uma vez que é mais impactada em período de férias. Ele, no entanto, acrescenta que o país encontra-se em uma “situação diferente”, se compararmos a queda no déficit com a recente recuperação.

“Em março agora, se compararmos o déficit de US$ 648 milhões com qualquer mês da série para trás, veremos que é o maior desde janeiro de 2020”, disse.

Contas externas
 
De acordo com as estatísticas do setor externo referentes a março deste ano, as contas externas registraram déficit de US$ 2,8 bilhões no mês. Em março de 2021, o saldo negativo foi de US$ 5,2 bilhões.

As contas externas brasileiras representam as compras e vendas de mercadorias, serviços e transferência de renda na relação entre Brasil e outros países.

Ainda segundo as estatísticas apresentadas hoje, as reservas internacionais do país diminuíram US$ 4,6 bilhões em apenas um mês, entre fevereiro e março, ficando em US$ 353,2 bilhões.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Camex torna definitivo corte de 10% de tarifa comum do Mercosul

17/08/2022 às 22h59

Lula sobre corrupção: 'No meu governo houve investigação e transparência'

17/08/2022 às 22h54

Pensão atrasada: mãe de Eliza Samúdio fala sobre decreto de prisão de Bruno

17/08/2022 às 22h48

OMS investiga se rápida propagação da varíola do macaco se deve a mutações

17/08/2022 às 22h44

Desmatamento na Amazônia Legal bate recorde dos últimos 15 anos

17/08/2022 às 22h40

Confira o resultado do concurso 2511 da Mega-Sena; prêmio é de R$ 3,1 milhões

17/08/2022 às 22h36

'Os servidores terão reajuste no ano que vem', promete Bolsonaro

17/08/2022 às 22h32

Bolsonaro promete zerar impostos sobre combustíveis também em 2023

17/08/2022 às 22h24

PF afirma que Bolsonaro incitou crime ao relacionar vacina e Aids

17/08/2022 às 22h16

Vídeos mostram tumulto nas imediações do Marco Zero durante gravação de DVD de João Gomes

17/08/2022 às 22h06

Soraya Thronicke propõe substituir impostos federais por um só tributo

17/08/2022 às 21h11

Vera Lúcia quer garantia de igualdade na disputa eleitoral

17/08/2022 às 21h02

Sofia Manzano defende investimentos em instituições públicas

17/08/2022 às 20h59

Felipe D%u2019Avila defende melhora do ensino básico

17/08/2022 às 20h56

Câmara do Rio rejeita recurso de vereador contra pedido de cassação

17/08/2022 às 20h39

STF retoma julgamento sobre nova Lei de Improbidade

17/08/2022 às 20h37

Desfile de 7 de Setembro foi cancelado no Rio de Janeiro, diz prefeito

17/08/2022 às 20h32

Trabalhadores da Zona da Mata cobram desapropriação das terras e fiscalização nos leilões em áreas de conflitos agrários

17/08/2022 às 20h25