Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

HOMENAGENS

Suape celebra Dia Mundial dos Oceanos com programação especial

Publicado em: 07/06/2022 13:43

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Para marcar o Dia Mundial dos Oceanos, celebrado nesta quarta-feira (8), o Complexo Industrial Portuário de Suape preparou programação especial destinada aos colaboradores e  convidados. Das 9h às 11h, será realizado evento virtual repleto de atividades. Entre elas, seminário, debate, exibição de vídeos, lançamento de edital para a certificação do selo “Terminal Amigo do Oceano”, além de homenagem póstuma ao professor Fábio Hazin, que dedicou grande parte de sua vida profissional ao estudo da vida marinha, sobretudo os tubarões. O evento começará será transmitido pela plataforma Google Meet pelo link https://meet.google.com/rzp-yrko-unz.
 
A programação terá início com o seminário “Economia Azul: como conciliar a economia do mar com o ‘oceano que queremos’ no contexto da atividade portuária”, sob o comando do diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape, Carlos Cavalcanti. Ele fará uma breve apresentação sobre ações desenvolvidas em Suape para reduzir impactos e compatibilizar a atividade portuária com a manutenção da qualidade do oceano. “A ideia é explicar de que maneira atuamos para fomentar a economia azul e contribuir para que os objetivos da Década do Oceano sejam alcançados”, explica o gestor. 
 
Além do representante da estatal portuária, participam a professora Mirella Costa, doutora em oceanografia pela Universidade de São Paulo (USP) e docente do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Gabriel Paschoal, oceanógrafo e diretor da Hidromares; o engenheiro de pesca e professor da UFRPE José Carlos Pacheco, coordenador do projeto Megamar; a bióloga Rosana Silveira, coordenadora do Instituto Hippocampus; e o engenheiro civil Djair Falcão, diretor da DBF Planejamento e Consultoria. Cada um dos convidados fará exposição sobre ações desenvolvidas junto à autoridade portuária e, ao final, eles participarão de debate sobre o tema central do seminário. 
 
Outra atividade prevista é o lançamento da segunda edição do edital para a certificação do selo “Terminal Amigo do Oceano Professor Fabio Hazin”. Lançado na Semana do Meio Ambiente do ano passado, a honraria foi concedida a três terminais do porto organizado de Suape em 2021: Decal Brasil, Tecon Suape e Pandenor. Para recebê-la, os terminais aptos são avaliados em critérios que contemplam a gestão ambiental portuária, incluindo o uso de água e energia e práticas de combate ao lixo no mar. Estão incluídos nessa análise itens como licenciamento ambiental, prevenção e resposta a emergências, certificações voluntárias, recursos humanos e treinamentos dedicados à pauta em questão.
 
“É uma importante ação, entre várias outras que realizamos, para garantir a sustentabilidade do porto e a proteção dos oceanos, reforçando o nosso compromisso de equilíbrio entre o crescimento econômico e a preservação da natureza. Dessa maneira, estamos incentivando as boas práticas ambientais também entre nossos parceiros. Esse equilíbrio é necessário para que o nosso porto possa continuar crescendo, com um foco estratégico que leve em consideração as premissas da governança social, ambiental e corporativa (ESG, da sigla em inglês)”, pontua o diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão.
 
Para finalizar a programação, será prestada uma homenagem  ao professor Fábio Hazin. O engenheiro de pesca tinha mestrado e doutorado pela Tokyo University of Marine Science and Technology, no Japão; e pós-doutorado pelo Southeast Fisheries Sience Center de Miami, nos Estados Unidos, entre outros títulos. Hazin, contudo, era conhecido pelo trabalho de pesquisa sobre a presença de tubarões no litoral pernambucano, tendo sido presidente do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) entre 2004 e 2012. Ele faleceu, há um ano, em consequência da covid-19.
 
Um dos últimos projetos do professor foi o Megamar, uma parceria entre a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Suape. A iniciativa continuou em andamento para realizar estudos sobre as espécies e abundância de tubarões e de outros exemplares da fauna marinha e estuarina da costa litorânea da região de Suape, sob o comando do professor José Carlos Pacheco. O projeto leva o seu nome. Além de vídeos do Megamar e da trajetória de Hazin, uma placa será entregue, em breve, à sua família como forma de agradecimento pelos incontáveis serviços prestados à ciência e aos oceanos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Grupo Diario de Pernambuco