Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

OPORTUNIDADE

Inscrições abertas! IBGE oferece mais de 48 mil vagas para recenseadores

Publicado em: 10/06/2022 10:43

 (Foto: Arcevo / IBGE)
Foto: Arcevo / IBGE
O IBGE abriu as inscrições para o processo seletivo simplificado complementar (PSS) para contratação temporária de 48.535 recenseadores do Censo 2022. Os interessados podem realizar os cadastros até a próxima quarta-feira (15/6), no site do Instituto, por meio de formulário virtual. As vagas exigem formação em nível fundamental completo e estão distribuídas em todas as unidades da Federação. 

Os candidatos serão avaliados por por análise curricular. “Os candidatos devem preencher o formulário com os dados relativos à formação e essa análise de títulos será classificatória. Quando forem convocados, eles precisam comprovar a titulação”, explica o coordenador de Recursos Humanos, Bruno Malheiros.

Sobre a função
O recenseador tem como principal função entrevistar os moradores durante a coleta do Censo. Como a remuneração é por produção, ela pode variar de acordo com o tempo dedicado ao trabalho. Desse modo, de acordo com o edital, é recomendado que o profissional tenha uma jornada de trabalho mínima de 25 horas semanais. 

Para auxiliar no entendimento de quanto pode ser a remuneração, o IBGE preparou um simulador. A partir dele, é possível calcular uma estimativa do que será recebido por cada profissional. Confira aqui!

A previsão de duração de contrato do recenseador é de até três meses.

Seleções
Ao todo, o IBGE deve contratar 206.891 servidores temporários para trabalhar no Censo. Dessas vagas, 183.021 são para recenseadores, que passarão por treinamento entre os dias 18 e 22 de julho. Mais de 130 mil vagas para essa função foram preenchidas na seleção realizada em abril.

“O processo complementar tem o objetivo de contratar pessoal para as vagas que não foram preenchidas no processo seletivo simplificado. A diferença entre as duas seleções é que no PSS complementar há análise curricular em vez de prova e não é cobrada taxa de inscrição”, diz Bruno Malheiros.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Manhã na Clube: Diogo Moraes (PSB) e Alexandre Henrique (PSOL), pré-candidato a dep. estadual
Grupo Diario de Pernambuco