Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

COMBUSTÍVEIS

Governo confirma indicação de Caio Mário à presidência da Petrobras

Publicado em: 09/06/2022 22:02

 (crédito: Ed Alves/CB)
crédito: Ed Alves/CB
O Ministério de Minas e Energia (MME) divulgou, nesta quinta-feira (9), a lista com os indicados pela União para compor o novo Conselho de Administração da Petrobras. Foram indicados Caio Mário de Andrade para a presidência da Petrobras e Gileno Gurjão Barreto para o Conselho de Administração.

Vale lembrar que o nome do novo presidente deve ser aprovado pela assembleia dos acionistas ordinários (os que tem direito a voto) e, como o Governo é maioria, a indicação é sempre vencedora.

Em abril, o governo federal havia indicado Adriano Pires para a presidência da Petrobras e o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, para comandar o conselho administrativo da petroleira, mas ambos desistiram de assumir os respectivos cargos.

Quem assumiu a presidência na ocasião foi José Mauro Coelho, mas ficou apenas 40 dias no cargo após ser demitido pelo presidente Jair Bolsonaro em maio.

Indicados ao Conselho de Administração:

- Gileno Gurjão Barreto (Presidente do Conselho de Administração);

- Caio Mario Paes de Andrade (Presidente da Petrobras);

- Ricardo Soriano de Alencar;

- Edison Antonio Costa Britto Garcia;

- Jonathas Assunção Salvador Nery de Castro;

- Ieda Aparecida de Moura Gagni;

- José João Abdala Filho;

- Marcelo Gasparino da Silva;

- Ruy Flaks Schneider; e

- Márcio Andrade Weber.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Grupo Diario de Pernambuco