Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

PRIVATIZAÇÃO

Eletrobras: Justiça derruba liminar sobre Furnas e privatização segue

Publicado em: 06/06/2022 20:24

 (crédito: Eletrobras/Divulgação)
crédito: Eletrobras/Divulgação
Investidores detentores de títulos de dívida de Furnas, subsidiária da Eletrobras, aprovaram o aporte de R$ 1,5 bilhão na Madeira Energia SA, que opera a hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia, durante assembleia ocorrida nesta segunda-feira (6), no Rio de Janeiro. Motivo de disputa judicial no final de semana, a autorização prévia da primeira emissão de debêntures de Furnas era condição para a continuidade do processo de privatização da companhia.

A assembleia ocorreu depois que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro derrubou uma decisão judicial liminar que suspendia o encontro a pedido da Associação dos Empregados de Furnas (Asef), alegando descumprimento da governança de Furnas. A Advocacia-Geral da União, porém, entrou com recurso e conseguiu reverter a decisão. O aval dos chamados debenturistas para o aporte destinado ao pagamento da dívida da subsidiária permite a continuidade da oferta pública de ações da Eletrobras ao longo de junho.

Ao liberar a assembleia, o presidente do TJ-RJ, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, alegava que a suspensão da assembleia poderia causar “impacto significativo no planejamento setorial elétrico brasileiro, sendo capaz de comprometer a modicidade tarifária e, consequentemente, o acesso das camadas mais carentes da população ao serviço essencial de energia elétrica”.

O impasse poderia levar ao cancelamento da oferta de ações caso não fosse resolvido até hoje. O preço das ações da Eletrobras será anunciado na quinta-feira (9/6), após o processo de manifestação de interesse de compra, vigente até o meio-dia de quarta-feira (8/6). No total, o mínimo que a companhia espera arrecadar é R$ 35 bilhões, tendo como principal atrativo o uso de até 50% do saldo de contas individuais do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). 

Calendário (Fonte:Eletrobras/CVM):
 
3 de junho - início do período de reserva e adesão
8 de junho - encerramento do período de reserva às 12h; fim do prazo de apresentação de potenciais investidores, idem.
9 de junho - fixação do preço por ação; encerramento da operação de Bookbuilding
13 de junho - início de negociações de ações na B3

Debate
 
O aporte de R$ 1,5 bilhão servirá para que a Madeira Energia pague as dívidas judiciais da Santo Antônio Energia, uma das suas companhias integradas, uma vez que a empresa está impedida de utilizar capital próprio para quitar a dívida. Com o repasse, Furnas passa de 43% para 72% na participação de controle.

Autora da ação que buscava suspender a assembleia, a Asef informou que irá recorrer judicialmente da decisão, seguido pela Caixa de Assistência dos Empregados de Furnas e Eletronuclear (Caefe). Durante a assembleia, pelo menos um debenturista votou contra o repasse de recursos e registrou que irá à Justiça e outros órgãos de fiscalização e controle.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Grupo Diario de Pernambuco