Diario de Pernambuco
Busca

Parceria

Stellantis fecha parceria com Instituto Senai

Publicado em: 08/01/2022 15:31

 (Foto: Paulo Paiva/ DP Foto)
Foto: Paulo Paiva/ DP Foto
O grupo Stellantis e o Instituto Senai de Inovação para Tecnologias da Informação e Comunicação (ISI-TICs) deram início à sua primeira parceria com foco na evolução tecnológica na indústria automotiva. O projeto, aprovado no programa Rota 2030, tem o objetivo de desenvolver uma solução tecnológica para aprimorar a execução do plano operativo das montadoras de automóveis. Ao todo, serão investidos mais de R$ 1 milhão para a realização do plano.

A criação e a validação do projeto devem envolver, além da planta responsável pela produção dos modelos Jeep Renegade, Jeep Compass, Jeep Commander e Fiat Toro, no Polo Automotivo de Goiana, na Zona da Mata pernambucana, duas sistemistas que atendem à empresa, com processos produtivos que estão vinculados diretamente ao da montadora: Componentes e Módulos Automotivos (CMA) e Componentes de Módulos Plásticos (CMP).

“A Stellantis é uma empresa voltada para a inovação e o futuro da mobilidade. Esta parceria soma talentos e competências, sendo capaz de acelerar e ampliar nossos resultados na busca de soluções inovadoras”, explica Antonio Filosa, presidente da Stellantis para a América Latina. Para o grupo, o Instituto Senai é um parceiro que tem desenvolvido soluções de grande impacto e que estabelecer parcerias com empresas que possuem uma alta capacidade de desenvolvimento faz parte da estratégia da Stellantis para acelerar a inovação no setor automotivo.

Com a colaboração, o Senai irá desenvolver um software capaz de ajudar na resolução de um desafio muito comum nas plantas automotivas que fabricam mais de um tipo de produto, como o Polo da Stellantis em Pernambuco: a necessidade de ajustes no plano operativo para cumprir a meta de produção. “A proposta é que essa solução seja testada na fábrica da Stellantis, na CMA e na CMP para homologação e, depois, que seja disponibilizada para toda a cadeia automotiva brasileira. Assim, o projeto irá alavancar a eficiência de todo o setor”, conta o gerente de Negócios do ISI-TICs, Ernani Azevedo. O projeto já está sendo desenvolvido e deve durar 12 meses, reunindo tecnologias de inteligência artificial, aprendizagem de máquina, big data e análise de dados.

A startup pernambucana Maltic, que atua junto à indústria – com consultorias em tecnologias do mercado e no desenvolvimento de soluções customizadas – está participando na execução do plano e fornecendo soluções para a cadeia automotiva de todo o país.
 
Aliança automotiva
 
O desafio apresentado pelo grupo Stellantis foi um dos vencedores do Programa Alavancagem de Alianças para o Setor Automotivo (A3) no último ciclo do edital Aliança Automotiva com o programa prioritário desenvolvido pelo Senai Nacional no Rota 2030. Na categoria, são contemplados desafios propostos pelas indústrias que também estejam presentes em toda a cadeia, o que possibilita a disseminação da solução desenvolvida. A parceria com um dos institutos mantidos pelo Senai é uma das exigências do edital.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

A poucos quilômetros da China, ilhas de Taiwan vivem alheias às tensões

13/08/2022 às 12h15

'Peixes mortos por todos os lados' em rio entre a Alemanha e a Polônia

13/08/2022 às 11h14

Acordar na madrugada para comer pode ser distúrbio de sono, diz médica

13/08/2022 às 11h11

Medo assombra ucranianos que vivem perto da maior usina nuclear da Europa

13/08/2022 às 11h07

Jogadora de basquete da Associação Nacional de Basquete Feminino (WNBA) dos EUA, Brittney Griner, que foi detida no aeroporto Sheremetyevo de Moscou e mais tarde acusada de posse ilegal de maconha, segura uma foto de seu time enquanto ela está dentro de uma jaula de réus antes de uma audiência em Khimki fora de Moscou, em 4 de agosto de 2022. -

Moscou confirma negociações para libertar traficante de armas russo preso nos EUA

13/08/2022 às 11h00

Rafa Kalimann chora ao esquecer bolsa de R$ 17,5 mil em avião

13/08/2022 às 10h57

Tempestade deixa um morto e dezenas de feridos em festival de música na Espanha

13/08/2022 às 09h24

Talibãs atiram para o ar e dispersam protesto de mulheres em Cabul

13/08/2022 às 09h21

Costa fluminense é corredor migratório de baleias-jubarte

13/08/2022 às 09h13

PF apreende quase 1 tonelada de maconha às margens do Rio Paraná

13/08/2022 às 09h10

Cerrado é o bioma mais atingido por focos de incêndios florestais em 2022

13/08/2022 às 09h00

Taxa de desemprego recua para 9,3% com avanço do setor de serviços

13/08/2022 às 08h57

Casos de violência contra mulheres no Rio e em BH chocam o país

13/08/2022 às 08h54

Receita Federal vai parcelar dívidas de impostos em até 10 anos

13/08/2022 às 08h49

Especialistas alertam sobre risco do empréstimo vinculado ao Auxílio Brasil

13/08/2022 às 08h45

Zé Felipe e Miguel falam sobre lançamento do DVD "Não é o Fim do Mundo"

13/08/2022 às 08h42

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Mega-Sena deste sábado paga prêmio de R$ 27 milhões

13/08/2022 às 08h33