Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

BALANÇO

Ligações clandestinas encerradas pela Neonergia Pernambuco em 2021 abasteceriam Olinda por 6 meses

Publicado em: 17/01/2022 11:25

Ações resultaram na regularização de 42 mil ligações clandestinas nos últimos 12 meses ( Divulgação/Neoenergia)
Ações resultaram na regularização de 42 mil ligações clandestinas nos últimos 12 meses ( Divulgação/Neoenergia)
Com o objetivo de combater o furto de energia elétrica no estado, a Neoenergia Pernambuco conseguiu recuperar cerca de 260 milhões de quilowatt (kW) durante o ano de 2021. De acordo com a concessionária, o volume recuperado seria o suficiente para abastecer o município do Recife por um mês ou a cidade de Olinda durante seis meses. As ações realizadas pela Neonergia, do Litoral ao Sertão do estado, resultaram na regularização de 42 mil ligações clandestinas nos últimos 12 meses.

Além disso, a empresa também atuou na modernização do seu parque de medidores. Em 2021, 135 mil equipamentos foram substituídos. "Ainda promovemos a blindagem de 128,5 quilômetros de rede elétrica que impede a realização de ligações clandestinas, garantindo maior segurança a população e melhoria na qualidade de fornecimento de energia”, afirmou o gerente operacional da Neoenergia Pernambuco, Gustavo Santos.

A empresa destaca que, a utilização de gambiarras para garantir o fornecimento de energia elétrica é contra a lei e pode trazer riscos. De acordo com a Neonergia, esses tipos de intervenções na rede de distribuição, sem os devidos cuidados com o uso dos equipamentos corretos dentro dos padrões e normas do setor elétrico, executados por profissionais capacitados, podem ocasionar acidentes e incêndios, além de sobrecarga.

A Neoenergia Pernambuco reforça que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. Em caso de denúncias, os clientes podem entrar em contato por meio do 116, sem a necessidade de identificação.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Soldado russo condenado à prisão perpétua por matar civil na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com o Deputado Federal Carlos Veras (PT)
Última Volta: GP da Espanha 2022 de F1
Antiproibicionismo: Marcha da Maconha por uma nova política de drogas
Grupo Diario de Pernambuco