Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

EXPORTAÇÕES

Balança comercial brasileira fecha com superávit de US$ 61 bi em 2021

Publicado em: 03/01/2022 20:44

 (crédito: AFP / CLEMENT MAHOUDEAU)
crédito: AFP / CLEMENT MAHOUDEAU
A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 61 bilhões em 2021, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta segunda-feira (3/1). O valor veio abaixo do previsto pelo governo para o ano.


O valor supera em 21,1% o de 2020, que apresentou um superávit de US$ 50,4 bilhões.

O superávit acontece quando os índices de exportações são maiores que os de importações. Caso contrário, ocorre um déficit.

No mês de dezembro deste ano, as exportações somaram US$ 24,366 bilhões e as importações, US$ 20,418 bilhões, com saldo positivo de US$ 3,948 bilhões e corrente de comércio de US$ 44,784 bilhões .

No ano em geral, as exportações totalizam US$ 280,394 bilhões e as importações, US$ 219,386 bilhões, com saldo positivo de US$ 61,008 bilhões e corrente de comércio de US$ 499,78 bilhões.


Comparando as médias de exportações com as registradas em dezembro do ano passado, houve crescimento de 26,3% . Em relação às importações, houve crescimento de 24% na comparação entre as médias do mês de Dezembro/2021 (US$ 887,72 milhões) com a do mês de Dezembro/2020 (US$ 715,84 milhões).

Assim, no mês de dezembro deste ano, a média diária da corrente de comércio totalizou US$ 1.947,11 milhões e o saldo, também por média diária, foi de US$ 171,67 milhões. Comparando-se este período com a média de dezembro de 2020, houve crescimento de 25,3% na corrente de comércio.

O Ministério também registrou crescimento de US$ 57,66 milhões ( 52,5%) em Agropecuária; crescimento de US$ 31,6 milhões ( 14,1%) em Indústria Extrativa e crescimento de US$ 129,59 milhões ( 25,9%) em produtos da Indústria de Transformação.

A combinação destes resultados levou a um aumento das exportações. Segundo a pasta, este movimento de aumento nas exportações foi puxado, principalmente, pelo crescimento nos seguintes produtos: soja, café não torrado, trigo e centeio, especiarias, óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, gás natura, entre outros. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Manhã na Clube: entrevista com Paulo Pimentel, advogado tributarista e professor da ITS EDU
Segundo a ONU, 2021 foi um dos sete anos mais quentes da História
Grupo Diario de Pernambuco