Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

GREVE NO SETOR PÚBLICO

Após reunião com Campos Neto, servidores do BC mantém paralisação no dia 18

Publicado em: 11/01/2022 16:40

 (crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Após reunião com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, nesta terça-feira (11), o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal) disse que manterá a paralisação marcada para o próximo dia 18.

Os trabalhadores alegam que não houve, por parte de Campos Neto, uma proposta concreta em relação à principal demanda da categoria: o reajuste salarial. A conversa, segundo o presidente do sindicato, Fábio Faiad, foi rasa e teve apenas promessas.

A paralisação ocorrerá das 10h às 12h e é o primeiro dia de mobilização de servidores da elite do funcionalismo público. Nesse dia, também devem parar os servidores do chamado “carreirão”. Todos reivindicam reajuste salarial, após o governo ter separado recursos no Orçamento de 2022 suficientes apenas para aumentos a policiais.

No Banco Central, a adesão às listas de não assunção de comissões e de entrega de cargo em comissões da autarquia já tem quase 2 mil servidores, apesar da ausência de vários funcionários devido ao período de férias. O BC tem cerca de 500 comissões gerenciais e a ideia do Sinal é convidar os eventuais substitutos em comissões a aderirem, também, à mobilização. Assim, os cargos ficam vagos.

Segundo o Sinal, a expectativa é de uma nova reunião com o presidente Roberto Campos Neto ainda este mês para tentar chegar a uma solução concreta. Caso contrário, os servidores passarão a debater uma greve por tempo indeterminado com início em fevereiro.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Objeto na Via Láctea como nada que os astrônomos já viram
Manhã na Clube: entrevistas com Dorgivânia Arraes (CRC-PE) e Fabi Soares, consultora de RH
Manhã na Clube: entrevistas com Augusto Coutinho (Solidariedade) e o psicólogo Carol Costa Júnior
Morre Olavo de Carvalho, considerado guru do bolsonarismo
Grupo Diario de Pernambuco