Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

AUMENTO

Pedágio da Rota do Atlântico sofrerá reajuste na terça-feira (4); confira os novos valores

Publicado em: 29/12/2021 12:41

Reajuste foi utorizado pela Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe)  (Danielle Coutinho/Suape/Divulgação)
Reajuste foi utorizado pela Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) (Danielle Coutinho/Suape/Divulgação)
A partir da próxima terça-feira (4), os motoristas que trafegarem pela Rota do Atlântico, via que dá acesso à diversas praias do Litoral Sul do estado, precisarão pagar mais pelo trajeto. O reajuste do pedágio cobrado no local, que passará de  R$ 8,70 para R$ 9,60 na tarifa simples, um aumento de 10,35%, foi autorizado pela Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) e publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (29).

Confira os novos preços:
Nova tabela de preços do pedágio da Rota do AtlÂntico (Divulgação/Rota do AtlÂntico)
Nova tabela de preços do pedágio da Rota do AtlÂntico (Divulgação/Rota do AtlÂntico)
 

De acordo com a concessionária, a valor abrange o Serviço de Auxílio ao Usuário (SAU) 24 horas, que pode ser acionado pelos motoristas por meio do telefone de emergência 0800.031.0009. Além disso, o local também conta com guinchos, ambulâncias, viaturas de inspeção de tráfego e 50 câmeras de monitoramento de alta resolução distribuídas ao longo da rodovia. 

Segundo a concessionária Rota do Atlântico,  os esforços em segurança viária garantiram uma uma redução de 40% no número de acidentes em relação ao primeiro ano de operação, em 2014. Foram 165 de janeiro a dezembro de 2014 contra 99 registrados ao longo de 2021.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com André de Paula (PSD), Eduardo Cavalcanti e Epitacio Rolim
OMS: é possível encerrar fase aguda da pandemia este ano
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras (PT), Frederico Menezes e Marlon Malassa
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Grupo Diario de Pernambuco