Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

MARCAS PREFERIDAS

Drogasil, sempre cuidando da gente

Publicado em: 16/12/2021 10:05 | Atualizado em: 16/12/2021 15:08

 (Rede tem como meta encerrar 2021 com 240 novas lojas. Foto: Divulgação)
Rede tem como meta encerrar 2021 com 240 novas lojas. Foto: Divulgação
A Drogasil, presente em Pernambuco desde 2014, quer continuar oferecendo à população cada vez mais opções de serviços e produtos para uma vida mais saudável. A rede, responsável por empregar cerca de 1,5 mil colaboradores espalhados entre lojas e centro de distribuição no estado, conclui o ano de 2021 com bons resultados e já projeta novos investimentos para o próximo ano.

Em 2021, mesmo com a pandemia da Covid-19, a Rede Drogasil gerou cerca de 130 novos empregos diretos com a abertura de nove farmácias somente em Pernambuco. A rede tem como meta encerrar 2021 com 240 novas farmácias, incluindo quatro unidades nos estados de Roraima, Acre e Amapá. Ainda em Pernambuco, o grupo apadrinhou 10 cidades (Bezerros, Camaragibe, Carpina, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Paulista, Petrolina, Santa Cruz do Capibaribe e Vitória de Santo Antão) com doações de cerca de R$ 50 mil para cada uma, destinados à compra de itens de proteção individual e caixas térmicas e geladeiras, para armazenagem de vacinas.

Para 2022, estima acelerar ainda mais a estratégia de atuação como empresa de saúde. Dentro deste posicionamento, apresentará a plataforma Vitat, rede física e digital que conecta pessoas, serviços e produtos, para potencializar cuidados e transformar os hábitos de saúde dos clientes.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Grupo Diario de Pernambuco