Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

LEVANTAMENTO

Contas públicas registram superávit de R$ 15 bi em novembro

Publicado em: 30/12/2021 13:15

 (Foto: Daniel Dan/Pexels)
Foto: Daniel Dan/Pexels
O setor público consolidado teve superávit primário de R$ 15,034 bilhões em novembro deste ano. Este foi o primeiro resultado positivo desde 2013. O superávit ocorre quando há um resultado positivo nas receitas e despesas do governo, excluindo gastos com pagamento de juros. Este foi o quarto mês consecutivo de resultado positivo.

Segundo o Banco Central, o Governo Central (Tesouro Nacional, INSS e Banco Central) registrou superávit de R$ 3,5 bilhões. Já o os governos regionais, que abrangem estados e municípios, registraram superávit de R$ 11,7 bilhões.

No mesmo mês de 2020, o setor público teve déficit de R$ 18,1 bilhões. Considerando o acumulado de 2021 até novembro, o superávit primário foi de R$ 64,6 bilhões, contra um déficit de R$ 651,1 bilhões no mesmo período de 2020.

Já quando a comparação é feita levando em conta os últimos 12 meses, o setor público teve superávit de R$ 12,8 bilhões, o que representa 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB). Esta é a primeira vez desde 2014 que o resultado em 12 meses fica positivo. Em outubro, o acumulado de 12 meses indicava déficit de R$ 20,4 bilhões, o que representa 0,24% do PIB.

Ontem o secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle, já tinha adiantado que o resultado do setor público poderia ser positivo. “Hoje temos uma forte indicação de que haverá superávit primário em 2021 considerando o setor público geral. Seria o primeiro superávit primário desde 2013”, disse ele.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Veras (PT), deputado federal
China executa maiores exercícios militares em décadas
Papa recebeu como tapas os depoimentos de abusos no Canadá
Defesa de Brittney Griner alega falhas em provas apresentadas pela Rússia
Grupo Diario de Pernambuco