Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

FLEXIBILIZAÇÃO

Governo de Pernambuco anuncia ampliação da capacidade de público para eventos, bares e restaurantes

Publicado em: 25/11/2021 18:28 | Atualizado em: 25/11/2021 19:18

Bares e restaurantes poderão aumentar a capacidade das mesas para até 50 pessoas (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Bares e restaurantes poderão aumentar a capacidade das mesas para até 50 pessoas (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Com o avanço da vacinação no estado e a estabilidade nos indicadores da pandemia da Covid-19, o governo de Pernambuco anunciou nesta quinta-feira (25), a ampliação da capacidade de público para eventos, bares e restaurantes. De acordo com o comunicado, realizado durante uma entrevista coletiva que contou com a participação do secretário estadual de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, e do secretário de Saúde, André Longo, as novas regras passam a ser válidas a partir desta segunda-feira (29).

“Os eventos passam a receber um público de até 7.500 pessoas, ou 50% da capacidade do espaço. Lembrando que continua sendo necessária a apresentação da comprovação do ciclo vacinal completo em locais acima de 300 pessoas. Bares e restaurantes poderão aumentar a capacidade das mesas para até 50 pessoas”, explicou Rebêlo.

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel-PE), André Luiz Araújo, a medida deverá ajudar o setor durante as festas de final do ano. "Viabiliza vários grupos que estão tentando fazer confraternização nos bares e restaurantes, o que dá um suspiro para o setor. Mas, mesmo com essa movimetnação em plena recuperação, não nos livra da imensa dívida que foi acumulada durante esse período da pandemia. De qualquer forma, foi um ato de grandeza do governo de reconhecer que necessitávamos disso, até porque a vacinação está dando um exemplo de sucesso e estamos com as taxas sob controle", afirmou.

Além da flexibilização, a gestão estadual também informou que, a partir do dia 1º de dezembro, o acesso aos estabelecimentos públicos de Pernambuco só poderá ser realizado mediante comprovação do esquema completo de vacinação contra a Covid-19. Nos próximos dias, um decreto com todas as regras para cumprimento da norma deverá ser publicado no Diário Oficial do Estado. 

“Apesar da estabilidade no cenário epidemiológico da Covid-19, registrada no estado nas últimas semanas, não podemos ter a falsa sensação de que a pandemia acabou. A iniciativa tem como objetivo proteger a população e incentivar a vacinação de todos contra a doença”, ressaltou André Longo.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Grupo Diario de Pernambuco