Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

OPORTUNIDADES

Em Canhotinho, nova fábrica da Masterboi deverá gerar 800 vagas de emprego

Publicado em: 22/11/2021 12:58

O local recebeu a visita do governador Paulo Câmara no último sábado (20) ( Hélia Scheppa/SEI)
O local recebeu a visita do governador Paulo Câmara no último sábado (20) ( Hélia Scheppa/SEI)
Prestes a ser inaugurada, a nova unidade fabril da Masterboi, localizada no município de Canhotinho, no Agreste Meridional do estado, recebeu a visita do governador Paulo Câmara no último sábado (20). Com previsão de iniciar as operações no próximo mês, o local conta com um investimento superior a R$ 120 milhões e a previsão de gerar 800 empregos diretos quando estiver em capacidade plena de funcionamento.

Na unidade, a previsão é de que sejam realizados cerca de 550 abates de gado bovino por dia, além da produção de derivados de gados bubalino, caprino, suíno e ovino e processamento de carnes, em uma área de 120 hectares.

“O governo de Pernambuco tem acompanhado desde o início esse empreendimento, e tem uma série de pactuações nas quais estamos avançando. São mais de R$ 20 milhões que vamos investir e, com certeza, vai ser um indutor de desenvolvimento para a região", afirmou Paulo Câmara.

A Masterboi é uma empresa pernambucana, com matriz no Recife, que há mais de 21 anos realiza o processamento e distribuição de alimentos, tornando-se referência no segmento. Atualmente, possui três unidades frigoríficas, duas delas no norte do País – no Tocantins e no Pará – e um centro de processamento e distribuição no Nordeste, localizado na capital de Pernambuco.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Grupo Diario de Pernambuco