Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

ENCONTRO

Para estimular o turismo, países do Mercosul deverão adotar protocolo sanitário único

Publicado em: 22/10/2021 17:30

Decisão foi tomada durante reunião realizada no Recife nesta sexta-feira (22) (Rafael Vieira/DP Foto)
Decisão foi tomada durante reunião realizada no Recife nesta sexta-feira (22) (Rafael Vieira/DP Foto)
Com o objetivo de fomentar a divulgação da América do Sul como destino turístico, os ministros do Turismo do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai participaram nesta sexta-feira (22), da XXV Reunião dos Ministros do Turismo do Mercosul. Durante o evento, realizado no Recife, foi discutida a criação de um protocolo de segurança unificado que possibilite a livre circulação entre os países. 

De acordo com o ministro do Turismo do Brasil, Gilson Machado Neto, a elaboração do esquema de segurança sanitária deverá ficar a cargo dos ministros da saúde dos países que compõem o bloco econômico. “Solicitamos, em caráter de urgência, que eles se reúnam antes do dia 1º de novembro e definam um protocolo para poder facilitar o fluxo de turistas entre o Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai”, informou. 

Para Gilson, a norma única poderá ajudar a incrementar o fluxo do turismo nos países. ”O ideal seria que não houvesse nenhuma restrição na circulação entre esses países, onde temos uma história de parceria e sucesso muito grande, mas quem define isso é o pessoal da saúde. Teremos que fazer o que será definido pelo corpo técnico dos nossos ministérios”, afirmou. 

Com o avanço da vacinação e a melhoria dos indicadores da Covid-19, a avaliação é de que o cenário atual é otimista para o setor. "Os índices da pandemia foram drasticamente reduzidos para níveis totalmente seguros. Nós vemos a retomada dos navios de cruzeiro aqui no Brasil e estamos lutando para que isso ocorra em todo o Mercosul. Também acompanhamos o fluxo aéreo praticamente recuperado e o aumento da ocupação dos hotéis. A projeção é de que o turismo se torne tão importante para a matriz econômica do Brasil e da América do Sul quanto o agronegócio”, completou Gilson Machado. 

Após alinhar o discurso, os ministros do Turismo do Mercosul realizarão o lançamento da nova marca dos quatro países em Dubai, no dia 15 de novembro. “Somos o melhor endereço turístico atual e a ideia é transformar os quatro países em um só. No dia 15 de novembro vamos lançar a nova marca, que terá o apoio da Organização Mundial do Turismo (OMU). Estamos na luta para divulgar os nossos destinos em países distantes como os Emirados Árabes, o Japão, a China e o Oriente Médio, por exemplo. O objetivo é estimular que o turista,  ao invés de conhecer apenas um país, visite os quatro. Vamos divulgar o destino América do Sul”, concluiu. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Carnaval: a tragédia anunciada de uma nova onda de Covid-19
Bolsonaro vê como provocação recepção de Lula por Macron
Manhã na Clube: entrevistas com Laura Gomes (PSB), Micaelly Duarte e José Lopes
Movimento Educar: panorama completo de matemática para o Enem
Grupo Diario de Pernambuco