Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

ECONOMIA

Neoenergia troca latinhas de alumínio por desconto na conta de luz

Publicado em: 13/10/2021 18:01

Durante todo o mês de outubro, os clientes da concessionária poderão fazer a troca nos pontos de arrecadação do Vale Luz (Foto: Pixabay/Reprodução)
Durante todo o mês de outubro, os clientes da concessionária poderão fazer a troca nos pontos de arrecadação do Vale Luz (Foto: Pixabay/Reprodução)

A Neoenergia Pernambuco está concedendo R$ 1 de desconto na fatura de energia elétrica para os clientes que entregarem 10 latinhas de alumínio de 350ml em um dos pontos de arrecadação espalhados pela Região Metropolitana do Recife. Esta novidade vai até o final do mês. Não existe limite para a entrega de latinhas nem para o desconto na conta. Todos os pontos de arrecadação do programa Vale Luz podem ser vistos no site da concessionária.

“Nesse período em que estamos saindo de uma pandemia, a novidade é extremamente apropriada para ajudar na redução do valor da conta e fomentar ações de sustentabilidade como dar destino certo a resíduos recicláveis”, ressalta a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Mascarenhas.

Utilizando as Merrecas (moeda do projeto Vale Luz), o cliente terá acesso ao desconto. Latas pequenas de até 328 ml valem 0,75 Merrecas, latas médias de 330 a 471 ml valem 1 Merreca e latas acima de 472 ml, 1,25 Merrecas por unidade.  O valor da Merreca varia mensalmente, de acordo com o preço do alumínio praticado na indústria de reciclagem. No mês de outubro, uma lata vale 10 centavos.

Desde que foi lançado, em 2008, o Vale Luz, que é um projeto do Programa de Eficiência Energética da Neoenergia Pernambuco, regulado pela Aneel, já beneficiou mais de 6 mil famílias pernambucanas com descontos que já passam de R$ 354 mil. No total, foram recolhidas mais de 1.384 toneladas de resíduos sólidos recicláveis nos últimos 10 anos.

São aceitos materiais como papelão, papel de escritório, jornais, garrafas PET, sacos plásticos, embalagens de produtos de limpeza, baldes, mesas plásticas, latas de refrigerantes e outros produtos alimentícios. Pode ser entregue também óleo de cozinha, que deverá estar filtrado e dentro de uma garrafa PET transparente, vidro e resíduo eletrônico, incluindo televisão, celular, teclado, entre outros. 

Os consumidores podem deixar o material e fazer o cadastro em tendas itinerantes que atendem a população nos locais indicados no site ou na versão de porta a porta, que já realizou atendimento em 16 municípios da RMR e do Interior (é possível acompanhar a programação no site da distribuidora). Além disso, o Vale luz atende 41 condomínios residenciais e os resíduos coletados nestes locais geram bonificação para conta contrato do próprio condomínio.

De janeiro a setembro deste ano, o projeto já coletou 180.916 toneladas de resíduos sólidos recicláveis e concedeu cerca de R$ 62.661,38 mil em descontos nas faturas de energia elétrica de 1.083 clientes da distribuidora.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Entre túmulos e livros: coveiro se prepara para lançar livro
Cenário de destruição apos tiroteios em Beirute
Manhã na Clube: entrevistas com Simão Teixeira, presidente do Recife Convention & Visitors Bureau
Bolsonaro decidiu não se vacinar contra o coronavírus
Grupo Diario de Pernambuco