Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

MERCADO IMOBILIÁRIO

Passando por recuperação judicial, Construtora Dallas entrega chaves de prédio na Zona Sul

Publicado em: 08/10/2021 18:45 | Atualizado em: 08/10/2021 19:12

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação

Após enfrentar a instituição de um processo de recuperação judicial, em maio de 2019, a Construtora Dallas tem avançado em seu cronograma de entrega das chaves de novos empreendimentos em Pernambuco. A empresa iniciou o mês de outubro com a entrega do Golden Home Boa Viagem, que tem 110 apartamentos e é o segundo edifício finalizado após . 

A assembleia de entrega aos proprietários do Golden Home Boa Viagem ocorreu na quinta-feira (7), quando também foi realizada a eleição para escolha do primeiro síndico. Em 2020, a empresa entregou o edifício Golden Sky. O próximo da lista será o Golden Flower, que possui 90 unidades e atualmente está em fase de finalização. 

Os apartamentos estão avaliados, atualmente, em R$ 230 mil por unidade. Já o aluguel é estimado em R$ 2.100, com condomínio em torno de R$ 300 - valores atrativos tanto para quem apostou no empreendimento como investimento, como para locatários. 

A entrega coincide com um momento de elevação dos aluguéis no Recife. O Índice FipeZAP de Locação Residencial, por exemplo, apurou uma oscilação positiva de 9,72% no preço médio do aluguel na capital, nos 12 meses encerrados em agosto. A cidade ficou em segundo lugar no que se refere à maior alta de custos por metro quadrado do país (R$ 33,78/m²), atrás somente de São Paulo.

Estratégia descentralizada
Após o início da recuperação judicial, a Construtora Dallas ficou com um portfólio de 18 empreendimentos, todos no modelo home service e situados em bairros valorizados da capital pernambucana, principalmente em Boa Viagem, na Zona Sul da cidade. Para acelerar a execução das obras, a empresa descentralizou a gestão dos edifícios em construção, formando uma comissão de adquirentes e promovendo o isolamento das contas. Desta forma, as decisões sobre novas despesas passam pelo grupo, conferindo autonomia aos proprietários sobre a gestão financeira dos projetos. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
CPI da Pandemia chega ao final com homenagens às vítimas da Covid
Manhã na Clube: ex-ministro Roberto Freire, dr. Cláudio Falcão e o advogado Pedro Avelino
Grupo Diario de Pernambuco