Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

PANDEMIA

Retomada da economia depende da vacinação em massa, diz Queiroga

Publicado em: 13/09/2021 18:56

 (Foto: Nelson Almeida/AFP - 29/4/21)
Foto: Nelson Almeida/AFP - 29/4/21
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse, nesta segunda-feira (13), que a retomada da economia global depois da pandemia depende diretamente da vacinação. De acordo com o ministro, a capacidade de detecção de variantes, higiene e saúde pública também são “imprescindíveis” para o avanço da recuperação econômica.

A afirmação foi feita durante participação de Queiroga em um seminário promovido pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma).

“Todos sabemos que a contenção da pandemia, por meio da vacinação em massa, da vigilância ativa para detectar rapidamente possíveis novas variantes, e das medidas de higiene e saúde pública, são imprescindíveis para a retomada da economia global”, disse o chefe da Saúde.

Queiroga também teceu elogios ao Sistema Único de Saúde (SUS), ressaltando sua relevância para o combate à pandemia. Segundo o ministro, as ações do sistema têm impacto direto na economia do país.

“O setor da saúde também tem importância econômica estratégica, com crescente participação na composição do valor adicionado total da economia brasileira (7,6%), na geração de renda (9,6%) e no número total de empregos (7,1%), com um crescimento no número de postos de trabalho maior que o observado para a média da economia”, disse, destacando a importância do setor de saúde para a economia.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Após erupção do vulcão Cumbre Vieja, especialistas temem gases tóxicos
Manhã na Clube: Lucas Ramos (Sec. de Ciência e Inovação de Pernambuco) e dr. Catarina Ventura
Na ONU, Bolsonaro diz ser contra passaporte sanitário
Manhã na Clube: Augusto Coutinho, Laurice Siqueira, Frederico Preuss Duarte e Kaio Maniçoba
Grupo Diario de Pernambuco