Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

INVESTIMENTO

Píer de granéis líquidos de Suape terá capacidade ampliada

Publicado em: 28/09/2021 15:44

Ação possibilitará que o atracadouro pernambucano receba navios de maior extensão (Divulgação/Suape)
Ação possibilitará que o atracadouro pernambucano receba navios de maior extensão (Divulgação/Suape)
Após receber um aporte de R$ 7 milhões, o píer de granéis líquidos 2 (PGL-2) do Porto de Suape, terá sua estrutura requalificada. As obras, que receberão recursos próprios da estatal portuária, deverão ser iniciadas durante a segunda quinzena de outubro. De acordo com a gestão do porto, o objetivo é dinamizar o funcionamento do local e ampliar a movimentação de carga, já que a mudança possibilitará que o píer receba navios maiores.

Atualmente, o PGL-2 suporta embarcações de até 90 mil toneladas de porte bruto. Com a conclusão do serviço, a capacidade será ampliada para 120 mil (TPB). A obra faz parte de um conjunto de ações de modernização do atracadouro. Neste ano, já foram investidos R$ 55 milhões na reestruturação dos píeres, cais e outras estruturas do Porto Organizado. O montante representa mais do que o triplo que foi investido no ano passado, quando R$ 16 milhões foram destinados a realização de obras no local.

Diretor-presidente da empresa, Roberto Gusmão destaca o trabalho exercido para a melhoria do porto. "Estamos trabalhando para melhorar a nossa estrutura portuária com o propósito de receber navios de grande porte e, dessa forma, nos tornarmos mais competitivos nos cenários nacional e internacional. Suape é líder no país na movimentação de granéis líquidos, o que o torna também um dos principais atracadouros de cabotagem do Brasil. Com todos esses investimentos, vamos incrementar ainda mais a movimentação de cargas".

O PGL-2, píer mais utilizado do Porto Externo, movimenta produtos químicos, como combustíveis e outros derivados de petróleo e está localizado no Porto Organizado. De acordo com o diretor de Engenharia de Suape, Claudio Valença, as intervenções são fundamentais para dinamizar o funcionamento do porto. "Estamos sempre estudando novas possibilidades de melhoria, incorporando equipamentos de última geração, para agregar agilidade e eficiência às atividades portuárias. O resultado, tenho certeza, será muito satisfatório", ressaltou.

Paulo Coimbra, diretor de Gestão Portuária de Suape, informou que outros serviços deverão ser realizados em breve. "Já estamos em vias de começar a construir uma nova Torre de Controle, equipada com o que há de mais moderno no mercado. Lá, é realizada a gestão do tráfego das embarcações, portanto, é um local estratégico para a eficiência de nossas operações. A obra deve começar ainda este ano", comentou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco