Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

TURISMO

Malha aérea recifense se aproxima do fluxo pré-pandemia

Por: Iris Costa

Publicado em: 10/09/2021 17:38

Terminais de Noronha e Petrolina também apresentam aumento nas frequências previstas
 (Foto: Nando Chiappetta/Arquivo DP)
Terminais de Noronha e Petrolina também apresentam aumento nas frequências previstas (Foto: Nando Chiappetta/Arquivo DP)

Cada vez mais próxima do fluxo pré-pandemia, a malha aérea do Aeroporto Internacional dos Guararapes apresenta significativa recuperação em setembro. O mês é marcado pela abertura da alta estação em todo o estado e a novidade acompanha a retomada do turismo em Pernambuco, estimulado por campanhas institucionais como o Passaporte Pernambuco e o Pernambulando. Com as iniciativas, o aeroporto recifense praticamente recuperou o número de voos de antes da pandemia, atualmente opera com 97% do volume registrado em setembro de 2019. 

Estão previstos 5.540 voos até o fim deste mês, entre pousos e decolagens. O resultado foi apontado pela Unidade de Estudos e Pesquisas da Empetur, a partir de informações da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Em comparação com outras capitais de destaque do Nordeste, o Recife segue na liderança, com previsão de 185 voos diários, na frente de Salvador (BA), com 130 voos, e Fortaleza (CE), completando o ranking com 80.

“Estamos com números muito bons nesta retomada das atividades turísticas. O resultado é fruto de muito trabalho integrado entre o governo do estado, companhias aéreas e o trade. Os visitantes estão voltando e percebendo que somos um destino seguro e acolhedor. As ações de marketing e estruturação da Setur e Empetur, como o Passaporte Pernambuco e o Pernambulando, despertam no público afeição e curiosidade em conhecer os atrativos e belezas naturais de todas as regiões. Vamos iniciar uma nova etapa agora, participando de feiras e promovendo um roadshow pelas principais cidades do País”, pontua o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

O Aeroporto do Recife, para este mês de setembro, conta com a liberação da Anac para operar 36 destinos, sendo 35 nacionais e um internacional. Os voos são para as cidades de Aracaju, Aracati (CE), Belém (PA), Brasília (DF), Barreiras (BA), Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Confins (BH), Cuiabá (MG), Fernando de Noronha, Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), João Pessoa, Juazeiro do Norte (CE), Maceió (AL), Manaus (AM), Mossoró (RN), Natal (RN), Palmas (TO), Patos (PB), Petrolina (PE), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Salvador, São Luís, São Paulo (Campinas, Congonhas, Guarulhos, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto), Serra Talhada (PE), Teresina (PI), Vitória (ES), São José dos Pinhais (PR) e Uberlândia (MG).

Fernando de Noronha e Petrolina
Além do Aeroporto do Recife, outros terminais do estado apresentaram incremento na malha aérea em setembro. Os bons números alcançam os Aeroportos de Fernando de Noronha e Petrolina. O equipamento aeroportuário do Arquipélago terá média diária de oito voos, o que totaliza 236 pousos e decolagens. A previsão para setembro é de 81% do número de voos  em relação ao mesmo período de 2019. Já o Aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina, passará a  operar, neste mês, com nove voos diários. O terminal contabiliza 258 pousos e decolagens.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Tudo pronto para o lançamento da primeira viagem espacial para turistas
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Sérvio Fidney e Ana Holanda
Grupo Diario de Pernambuco