Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

INTERNET

Anatel adia mais uma vez reunião para decidir futuro do 5G no Brasil

Publicado em: 10/09/2021 17:53 | Atualizado em: 10/09/2021 18:03

 (Foto: Sinclair Maria/Anatel)
Foto: Sinclair Maria/Anatel
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) cancelou a reunião extraordinária para a deliberação do edital sobre o leilão das faixas para tráfego dos sinais da internet móvel de quinta geração, o 5G, que estava prevista para acontecer nesta sexta-feira (10/9).

Em nota, a agência não deu detalhes sobre os motivos do cancelamento e limitou-se a dizer que “quando a reunião for remarcada, divulgaremos no portal da Agência na internet”.

Segundo o site da Anatel, a reunião foi cancelada a pedido do conselheiro Emmanoel Campelo de Souza Pereira, relator do processo referente ao Edital 5G, e deve ser retomada na semana que vem. "Informamos que a Reunião Extraordinária do Conselho Diretor agendada para a data de hoje foi adiada para a próxima segunda-feira, dia 13/09/2021", informou.

A licitação do 5G do Brasil pode ser o maior leilão de radiofrequências da história do país e se tornar a maior oferta pública de capacidade para a tecnologia móvel de quinta geração no mundo. O edital está sendo preparado há três anos. Desde setembro de 2018, foram abertas consultas públicas para tratar do assunto. A Anatel finalizou a primeira versão do documento em fevereiro deste ano. Depois, o parecer seguiu para revisão do Tribunal de Contas da União (TCU). No entanto, o órgão devolveu o edital para que a agência realizasse ajustes.

TAGS: anatel | leilão | internet | 5g |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco