Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

MINAS E ENERGIA

Privatização da Eletrobras renderá R$ 62 bilhões, afirma Bento Albuquerque

Publicado em: 08/07/2021 22:38

 (Ministro de Minas e Energia falou a jornalistas sobre expectativas econômicas do governo com a capitalização da empresa que é responsável por um terço da energia do país. Foto: Reprodução/Pixabay)
Ministro de Minas e Energia falou a jornalistas sobre expectativas econômicas do governo com a capitalização da empresa que é responsável por um terço da energia do país. Foto: Reprodução/Pixabay
Em conversa com a imprensa internacional sobre os “desafios e oportunidades do mercado brasileiro”, nesta quinta (7), o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, falou sobre as expectativas do governo com a privatização da Eletrobras. Para Albuquerque, a capitalização é um anseio da sociedade há duas décadas e vai modernizar o setor elétrico. 

“Esse processo de modernização do setor elétrico foi viabilizado por um trabalho conjunto com o Congresso Nacional, e é uma demanda da sociedade brasileira há 20 anos. Os benefícios da capitalização mudarão o setor, pois a Eletrobras é considerada a maior empresa de geração de energia renovável da América Latina, representando 30% da geração nacional e 45% da transmissão de energia no país”, disse o ministro.

De acordo com o líder da equipe de Minas e Energia, a privatização terá alta rentabilidade para a economia, e trará redução significativa nas tarifas de energia elétrica.

“A capitalização renderá cerca de R bilhões, e R,5 bilhões serão para reduzir encargos que encarecem as contas de luz, que é uma preocupação permanente do governo. Nossas planilhas mostram uma redução da tarifa de energia, fruto dessa capitalização ao longo dos próximos anos, na ordem de 6% a 7%”, afirmou.

Ainda segundo o ministro, os outros R bilhões desse montante total são de taxas de outorga ao governo e R bilhões serão utilizados para programas nas regiões Norte, Nordeste e Sudoeste, “principalmente para a revitalização das bacias, rios e reservatórios, o que é importante para minimizar futuros efeitos de escassez hídrica”. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com coronel Luiz Meira (PTB), Regina Sales e Maria Dulce
Manhã na Clube: entrevistas com José Maria Eymael, Rodrigo Floro e Chico Kiko (PP)
Leão se afasta de parque onde vive solto e assusta moradores de cidade africana
Manhã na Clube: entrevistas com o prefeito João Campos (PSB) e o governador Paulo Câmara (PSB)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco