Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

COVID-19

Governo flexibiliza atividades na RMR, Mata e Agreste e aumenta restrições no Sertão

Publicado em: 10/06/2021 19:19 | Atualizado em: 10/06/2021 20:12

 (Secretários estaduais anunciaram medidas no Palácio do Campo das Princesas. Foto: Hélia Scheppa/SEI)
Secretários estaduais anunciaram medidas no Palácio do Campo das Princesas. Foto: Hélia Scheppa/SEI

O governo de Pernambuco anunciou nesta quinta-feira (10), que as Macrorregiões 1 e 2, que contemplam a Região Metropolitana (RMR), Zona da Mata e Agreste, terão as atividades flexibilizadas a partir da próxima segunda-feira. Nas duas primeiras, o comércio de varejo e serviços funcionarão nos finais de semana dos dias 19 e 20 e 26 e 27, com horário reduzido.

O Agreste, onde as medidas restritivas são mais severas durante toda a semana, retomará suas atividades tanto nos dias úteis quanto nos finais de semana. Ao todo, 65 municípios das Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Caruaru, Garanhuns e Limoeiro estão sob quarentena rígida até o próximo domingo.

No Sertão, as 35 cidades da Macrorregião 3, onde aumentaram as solicitações de leitos de UTI, entrarão em quarentena rígida a partir da próxima segunda (14). Até o dia 20 de junho, nos municípios das Geres VI, X e XI – com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, respectivamente – só poderão funcionar, diariamente, as atividades permitidas no decreto.

A Macrorregião 4, no Vale do São Francisco e Araripe, segue no esquema atual, de abertura de todas as atividades, mas sujeitas a horário determinado. De segunda a sexta, os estabelecimentos podem funcionar até às 20h, desde que respeite a abertura máxima de dez horas consecutivas. Nos fins de semana, as atividades devem fechar às 18h, contanto que abram oito horas antes.

METROPILANA
Na RMR, o varejo de bairro e do centro das cidades, assim como bares e restaurantes, estará autorizado a funcionar nos finais de semana até às 18h, para o estabelecimento que abrir às 10h.

Na Zona da Mata, o comércio poderá abrir mais cedo, entre 5h e 20h, respeitando o limite máximo 10 horas contínuas durante a semana, e entre 6h até às 18h nos fins de semana, completando oito horas de funcionamento.

As lojas varejistas, no Agreste, devem fechar mais cedo. Elas podem abrir das 5h às 18h, respeitando o máximo de dez horas nos dias de semana, enquanto nos sábados e domingos o permitido será de oito horas, entre 6h e 18h.

 

As novas medidas foram anunciadas em entrevista no Palácio do Campo das Princesas, com os secretários estaduais de Planejamento e Gestão, Alexandre Rabelo, de Saúde, André Longo, e do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Presidente da Argentina faz ataques xenofóbicos ao Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Tadeu Alencar e Túlio Rangel
Inflação tem maior alta para maio em 25 anos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco