Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

INVESTIMENTO

Voltado para arranjos produtivos, programa Força Local lança novo edital

Publicado em: 15/04/2021 13:37 | Atualizado em: 15/04/2021 14:16

A cadeia produtiva de laticínios e da produção de leite está entre as beneficiadas pelo programa Força Local (Teresa Maia/Arquivo DP)
A cadeia produtiva de laticínios e da produção de leite está entre as beneficiadas pelo programa Força Local (Teresa Maia/Arquivo DP)
O governo do estado realizou nesta quinta-feira (15) o quarto chamamento público do Programa de Fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais em Pernambuco, o Força Local. Agora, serão selecionados até 38 projetos que receberam R$ 5 milhões. A iniciativa é uma das principais apostas da gestão para incentivar Arranjos Produtivos Locais (APLs) e outros segmentos econômicos de relevância para o estado.

De acordo com o edital, que ficará disponível na sexta-feira (16) no site da AD Diper, as propostas poderão ser enviadas até o dia 17 de maio. A divulgação provisória dos contemplados deverá ser anunciada em 1º de junho. Poderão participar entidades sem fins lucrativos e associações, além de organizações sociais, que deverão investir os recursos na capacitação das equipes, compra de equipamentos, reforma de espaços e desenvolvimento de negócios.

Entre as cadeias produtivas beneficiadas estão as da agricultura, apicultura, bovinocultura do leite, caprinovinocultura, confecções e moda, piscicultura, avicultura, horticultura e cafeicultura. Nessa nova etapa, o setor moveleiro será incluído entre os prioritários. 
 
Nas edições anteriores, o programa já beneficiou cerca de 5 mil pessoas, que participam de 58 projetos, distribuídos em 70 municípios pernambucanos. Com o maior aporte de recursos no novo edital, a expectativa é de que o governo ultrapasse a meta estabelecida anteriormente, que previa o investimento de R$ 20 milhões até 2022.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, comemorou o lançamento da nova rodada do programa. “Podemos consolidar uma política que busca interiorizar o desenvolvimento e dá condições dos arranjos produtivos estarem cada vez mais presentes em todas as regiões do estado. São setores que podem e têm a condição de empregar muita gente”. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Resumo da semana: briga por terceira via em 2022, adeus a Paulo Gustavo e vacinação de gestantes
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco