Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

PLANO DE CONVIVÊNCIA

Governo de Pernambuco anuncia ajustes no comércio de bairro

Publicado em: 22/04/2021 17:54

 (Foto: Heudes Regis/SEI)
Foto: Heudes Regis/SEI

Nessa quinta-feira (22), o governo de Pernambuco anunciou ajustes no horário de funcionamento das atividades comerciais do estado e a liberação do comércio de praia a partir da próxima segunda-feira (26). O comércio de bairro recebeu autorização para funcionar a partir das 8h, desde que atenda ao máximo de 10 horas de atividades diárias.

Por meio de um pronunciamento, o governador Paulo Câmara destacou que os números das últimas semanas indicam uma estabilização de casos, internações e óbitos devido ao novo coronavírus em Pernambuco. Ao fim da tarde, o governo pernambucano divulgou mais detalhes sobre as medidas através de uma coletiva de imprensa com o secretário da Saúde, André Longo, e a executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça.

Os dados sobre a atual ocupação dos leitos de UTI e estabilidade no número de casos levaram o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no estado a estender as atuais restrições contidas no Plano de Convivência até o dia 9 de maio, realizando alguns ajustes que passam a vigorar na segunda-feira (26).

“Vamos autorizar o comércio de praia, de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, mantendo a proibição nos finais de semana. O funcionamento das atividades de maneira geral será estendido, nos finais de semana, até às 18h, para quem iniciar às 10h. Os estabelecimentos que abrirem às 9h só poderão funcionar até às 17h”, explicou Paulo Câmara.
 
Por meio da coletiva de imprensa, a executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça detalhou que o comércio de bairro, durante a semana, poderá iniciar as atividades a partir das 8h, desde que respeitando o horário máximo de 10 horas de atividades.

“O comércio de bairro, que tem uma dinâmica diferente, também poderá funcionar a partir das 8h da manhã, mas sempre respeitando o limite máximo de 10 horas de funcionamento. Então aqueles que optarem por iniciar suas atividades às 8h da manhã terão que encerrar suas atividades às 18h. Os que começarem às 9h, até às 19h. E aqueles que seguem a regra vigente de 10h da manhã, podem encerrar as suas atividades às 20h. A gente entende que o comércio de bairro não sobrecarrega o sistema de transporte público”, explicou Ana Paula Vilaça.

Ainda segundo o governo, as medidas atuais podem ser revistas a qualquer momento desde que haja alguma mudança significativa no cenário que justifique uma possível resposta. 

“Seguimos contando com a compreensão de toda a população pernambucana. É nosso dever manter as atitudes preventivas. Evite aglomerações, higienize as mãos e sempre use máscara”, finalizou o governador Paulo Câmara em seu pronunciamento.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco