Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

DECRETO

Comércio terá maior flexibilização de horário a partir desta quinta fora da RMR

Publicado em: 31/03/2021 13:46 | Atualizado em: 31/03/2021 18:16

Comércio de centro, dos shoppings e das feiras de confecções poderá funcionar das 5h às 20h nos dias úteis. (Foto: Arquivo Diario de Pernambuco)
Comércio de centro, dos shoppings e das feiras de confecções poderá funcionar das 5h às 20h nos dias úteis. (Foto: Arquivo Diario de Pernambuco)
O decreto que permitia o funcionamento apenas das atividades essenciais no estado termina nesta quarta-feira, dia 31, e a partir desta quinta-feira, dia 1º de abril, o Governo de Pernambuco flexibiliza o funcionamento das atividades econômicas no estado. No entanto, os municípios fora da Região Metropolitana do Recife terão regras diferenciadas. Desta forma, ficará permitido o funcionamento do comércio de centro, dos shoppings e das feiras de confecções das 5h às 20h nos dias úteis nestas localidades. O limite é de até 10 horas contínuas de funcionamento. Já nos finais de semana, o horário permitido será das 6h às 17h, com o máximo de oito horas contínuas de funcionamento. 


O governo do estado havia anunciado que, ao final do decreto, o comércio poderia funcionar das 10h às 20h nos dias de semana e das 9h às 17h nos finais de semana e feriados. Horários que serão mantidos nos municípios da Região Metropolitana do Recife. “O plano de convivência leva em consideração a matriz que analisa o risco de cada atividade e vai acontecer de forma gradativa, com a volta da carga e do horário reduzidos. Algumas atividades ainda não serão retomadas neste momento, como clubes sociais, museus, teatros, cinemas e campos, por exemplo. Além disso, vamos sempre avaliar os números da saúde e o plano de convivência pode avançar ou regredir”, afirmou Ana Paula Vilaça, secretária executiva da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.


Porém, o Governo de Pernambuco anunciou nesta quarta-feira mudanças do funcionamento válidas para os municípios fora da RMR, medida que atende um pleito de representantes do Polo de Confecções do Agreste, de Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. A nova medida vale para as principais feiras de confecções do Agreste, mas também para as atividades do varejo, como lojas, e serviços, como salões de beleza e escritórios. 

SAIBA MAIS: Feira da Sulanca e comércio de Caruaru terão horários flexibilizados

Ainda no interior, cabe às prefeituras delimitarem o horário de funcionamento dos serviços, de acordo com a característica da economia local.

Novo Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19 válido na Região Metropolitana do Recife
Período: de 1 a 25 de abril

Academias e similares
Poderão reabrir das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos fins de semana e feriados. Capacidade: 30%

Serviços de alimentação lanchonetes, Bares e restaurantes
Poderão reabrir das 5h às 20h durante a semana e das 9h às 17h nos fins de semana e feriados. Capacidade: 50%.
Obs: Delivery, drive thru e pontos de coleta são permitidos após às 20h durante a semana e após as 17h nos finais de semana 

Comércio varejista - centro e bairros
Poderão reabrir das 10h às 20h durante a semana e das 9h às 17h nos fins de semana e feriados
Obs. 1 cliente a cada 5 metros quadrados (interior da loja)

Escritórios comerciais e prestação de serviços
Poderão reabrir das 10h às 20h durante a semana e das 9h às 17h nos fins de semana e feriados. Capacidade: 50%
Obs. Distanciamento de 1,5 metros entre as estações de trabalho

Shoppings centers e galerias comerciais
Poderão reabrir das 10h às 20h durante a semana e das 9h às 17h nos fins de semana e feriados.
Obs. 1 cliente a cada 10 metros quadrados (circulação) e 1 cliente a cada 5 metros quadrados (interior da loja)



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco