Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

MERCADO

Petrobras perdeu quase R$ 100 bilhões em valor de mercado

Publicado em: 22/02/2021 17:04

Estatal perdeu R$ 28 bilhões na sexta-feira (19/2) e mais R$ 70 bilhões nesta segunda (22), devido à troca no comando da empresa (Foto: Mauro Pimentel/AFP)
Estatal perdeu R$ 28 bilhões na sexta-feira (19/2) e mais R$ 70 bilhões nesta segunda (22), devido à troca no comando da empresa (Foto: Mauro Pimentel/AFP)
A Petrobras perdeu quase R$ 100 bilhões em valor de mercado por conta da decisão do presidente Jair Bolsonaro de mudar o comando da estatal. A perda é fruto da percepção do mercado de que a interferência pode causar prejuízos à governança e à rentabilidade da empresa.

Segundo a consultoria Economatica, a Petrobras estava avaliada em R$ 382,9 bilhões na última quinta-feira (18/2), quando Bolsonaro avisou que haveria mudanças na estatal. Porém, perdeu cerca de R$ 28 bilhões na sexta-feira (19), já que as ações do papel caíram 6% com o mercado na expectativa pelas mudanças. E desvalorizou-se em mais R$ 70 bilhões nesta segunda-feira (22). Por isso, já está sendo avaliada perto dos R$ 282 bilhões, quase 25% a menos do que valia na semana passada.


Dólar
As ações da Petrobras despencam quase 20% nesta segunda-feira, após a nomeação do general Joaquim Silva e Luna para a presidência da estatal, que hoje é ocupada por Roberto Castello Branco. Por isso, o Ibovespa está levando um tombo de 4,07% no pregão de hoje, aos 113.616 pontos. Já o dólar sobe 1,07% e é negociado a R$ 5,44. A moeda, contudo, bateu R$ 5,51 no início do pregão.

O mercado está reagindo mal às mudanças na Petrobras, pois acredita que essa mudança pode afetar a governança e a rentabilidade da estatal, como ocorreu no governo Dilma, quando a Petrobras teve um prejuízo de US$ 30 bilhões. Porém, lembra que as perdas afetam a todos. Afinal, a União é a acionista majoritária da empresa e também perde dinheiro com isso, mas também porque o movimento aumenta a percepção de risco em relação ao Brasil, afastando os investidores estrangeiros do país e elevando o dólar, que pode elevar a inflação e os juros brasileiros.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 03/03
Secretários estaduais de Saúde pedem mais rigor nas medidas de restrição contra Covid-19
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/03
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco